Busca avançada
Ano de início
Entree

Diversidade de helmintos parasitos da espécie de peixe endêmica Astyanax bifasciatus (Characiformes, Characidae) da bacia do rio Iguaçu, PR

Processo: 18/25839-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2019
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca - Recursos Pesqueiros de Águas Interiores
Pesquisador responsável:Igor Paiva Ramos
Beneficiário:Bianca da Silva Miguel
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia (FEIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ilha Solteira. Ilha Solteira , SP, Brasil
Assunto(s):Parasitologia veterinária   Parasitose animal   Helminthes   Lambari   Astyanax

Resumo

Estudos sobre aspectos parasitológicos de peixes brasileiros abordam frequentemente espécies de interesse econômico, como as utilizadas na aquicultura e aquariofilia. Assim, há poucos estudos quanto a aspectos parasitológicos para espécies de peixes de pequeno porte e/ou sem valor econômico como Astyanax bifasciatus, espécie endêmica da bacia do Iguaçu. Desta forma, a presente proposta visa caracterizar a helmintofauna de parasitos associada a espécie de peixe A. bifasciatus, na região do baixo rio Iguaçu. Serão avaliados 30 espécimes de A. bifasciatus coletados em set/2018, no riacho Carolina, PR, por meio de pesca elétrica. Os peixes foram eutanasiados, individualizados, congelados e encaminhados ao Departamento de Biologia e Zootecnia da FEIS - UNESP, Câmpus de Ilha Solteira/SP. Em laboratório, terão mensurados o comprimento padrão (cm) e massa total (g), e o sexo será determinado visualmente. Posteriormente, terão sua pele e nadadeiras inspecionadas para a presença de helmintos encistados. Todos os órgãos serão retirados, isolados e examinados com auxílio de estereomicroscópio para a coleta de parasitos. Os parasitos serão processados de acordo com Eiras et al. (2006) e análises morfológicas/morfométricas serão realizadas utilizando-se sistema computadorizado de análise de imagem com Contraste de Interferência Diferencial - LAS V3 (Leica Application Suite). Será caracterizada a comunidade parasitária componente (riqueza, diversidade, índice de dispersão e discrepância), bem como os atributos parasitológicos (prevalência, abundância média e intensidade média de infecção/infestação) para cada espécie de parasito. O fator de condição relativo também será calculado, de modo a verificar se há relação com a abundância média de parasitos.