Busca avançada
Ano de início
Entree

Mapa de suscetibilidade à erosão linear e monitoramento da voçoroca Mãe Preta em Rio Claro - SP

Processo: 18/05962-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2019
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Fábio Augusto Gomes Vieira Reis
Beneficiário:Victor Hugo Hoffmann
Instituição-sede: Instituto de Geociências e Ciências Exatas (IGCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Geologia ambiental   Geotécnica   Suscetibilidade   Erosão do solo   Voçoroca   Monitoramento ambiental   Sistema de informação geográfica (SIG)

Resumo

Um antigo problema que atinge o Brasil é a erosão de solos, a mesma causa perda de nutrientes, assoreamentos de corpos hídricos e promove a formação de estruturas erosivas como sulcos, ravinas e voçorocas. Tal situação é encontrada, atualmente, no bairro Mãe Preta em Rio Claro - SP, onde há uma voçoroca em crescimento, perto da região urbana da cidade oferecendo riscos aos moradores. Com a caracterização das suscetibilidades do terreno e dos seus condicionantes, que se faz necessário para contribuir com medidas preventivas ao aceleramento da erosão que podem gerar desastres naturais, é preciso sintetizar as informações obtidas em um mapa de suscetibilidade que conterá todas as informações ponderadas por pesos através de um SIG. Assim, esse projeto tem o principal objetivo de analisar a suscetibilidade dos atributos geotécnicos por meio da avaliação da evolução da voçoroca no bairro mãe preta com o uso de VANT´s como ferramenta de monitoramento. Sendo assim, o projeto é dividido em seis etapas: levantamento bibliográfico; levantamento do modelo digital de terreno atual; compartimentação fisiográfica; caracterização dos perfis de alteração e análises geotécnicas; análise histórica da evolução da erosão; e integração dos resultados para elaboração do mapa de suscetibilidade à erosão. Os resultados obtidos conterão a caracterização da geologia e geomorfologia local; caracterização dos índices físicos do solo e arenito da Formação Rio Claro; taxas de crescimento da voçoroca; mapas hipsométrico, declividade e formas de encostas nas escalas 1:10.000, além do mapa de suscetibilidade de erosão na escala 1:10.000.