Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito de análogos de curcumina, irradiados ou não por LED, como agentes antimicrobianos e indutores de proliferação e migração celular

Processo: 18/10857-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2019
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Odontopediatria
Pesquisador responsável:Cristiane Duque
Beneficiário:Jesse Augusto Pereira
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Endodontia   Terapia fotodinâmica   Curcumina   Proliferação celular   Movimento celular   Anti-infecciosos

Resumo

O tratamento endodôntico de dentes permanentes jovens com infecções pulpares irreversíveis clínico antes do fechamento fisiológico normal do ápice radicular é ainda um desafio para a Endodontia e a Odontopediatria. Relatos científicos têm mostrado que a curcumina, um fitoquímico polifenólico, apresenta diversas propriedades terapêuticas, entre as quais, amplo espectro de ação antimicrobiana e a capacidade de induzir a proliferação e migração celular. Além disso, devido à sua capacidade excitatória na presença de luz, a curcumina também tem sido utilizada como fotossensibilizante em terapia fotodinâmica associada ao LED (light emitting diode), promovendo um aumento dos seus efeitos biológicos. Outra forma de aumentar seu potencial terapêutico e reduzir algumas limitações do uso da curcumina é a síntese de análogos a partir de pequenas modificações químicas na estrutura original, entretanto, mantendo sua capacidade fotossensibilizante. O objetivo desse estudo será avaliar a ação antimicrobiana e antibiofilme de análogos de curcumina, sob a influência ou não do LED, sobre microrganismos de interesse endodôntico e sua influência sobre a viabilidade, proliferação e migração de células epiteliais e fibroblastos humanos. Serão avaliados, a curcumina e uma série de compostos análogos de curcumina, previamente sintetizados pela metodologia de Pabon pela reação entre a acetilacetona e derivados de aldeídos benzoicos. A atividade antimicrobiana dos compostos será determinada pelo ensaio de Concentração. Inibitória Mínima (CIM) e Concentração Bactericida Mínima (CBM) sobre Streptococcus mutans, Lactobacillus acidophilus, Actinomyces israelii, Enterococcus faecalis e Fusobacterium nucleatum. O efeito dos compostos sobre o biofilme bacteriano será verificado por meio da contagem das UFC/mL e por microscopia confocal, após a exposição aos compostos com melhor ação antibacteriana, sob a ação ou não do LED. Os análogos de curcumina também serão avaliados quanto à citotoxicidade e capacidade de induzir a proliferação e a migração de células epiteliais e fibroblastos humanos. Todos os experimentos serão realizados em triplicata e em três dias independentes e os resultados analisados estatisticamente (p<0,05). (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
PEREIRA, Jesse Augusto. Efeito de análogos de curcumina, irradiados ou não por LED, como agentes antimicrobianos e indutores de proliferação e migração celular. 2020. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista (Unesp) Faculdade de Odontologia.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.