Busca avançada
Ano de início
Entree

Análises metabolômica e proteômica em jogadores de futebol: relações com as capacidades aeróbia e anaeróbia

Processo: 19/02286-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de março de 2019
Vigência (Término): 31 de julho de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Convênio/Acordo: Organização Holandesa para a Pesquisa Científica (NWO)
Pesquisador responsável:Claudio Alexandre Gobatto
Beneficiário:João Pedro da Cruz
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Limeira , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/50250-1 - O segredo de jogar futebol: Brasil versus Holanda, AP.TEM
Assunto(s):Proteômica   Desempenho atlético   Metabolômica   Futebol

Resumo

O presente projeto pretende identificar e quantificar as proteínas e metabólitos presentes no plasma sanguíneo de jogadores de futebol, por meio das técnicas proteômica e metabolômica (Untargeted), e suas as relações com as capacidades aeróbia e anaeróbia obtidas pela aplicação do protocolo Velocidade Crítica em próprio ambiente de treinamento e competição de atletas profissionais dessa modalidade. Para isso, os avaliados serão submetidos a cinco sessões avaliativas em ambiente de campo. Na primeira sessão, receberão informações sobre o projeto, responderão os questionários de anamnese, histórico esportivo-competitivo e nível de atividade física e serão submetidos a avaliações de composição corporal. Amostras de sangue serão coletadas para análise proteômica e metabôlomica (Untargeted). Nas segunda, terceira, quarta e quinta sessões os atletas serão submetidos a cargas preditivas estruturadas em protocolo de corrida vai-e-vem (20 metros), com quatro distâncias pré-estabelecidas (800, 1200, 1600 e 2000 metros), distribuídas randomicamente. Em cada uma dessas cargas preditivas, os jogadores serão estimulados a correrem em máxima intensidade para que o tempo de execução seja registrado. Tendo em posse os registros de tempo e distância, será aplicado um ajuste para a determinação dos coeficientes angular (velocidade crítica ou VCrit, equivalente à capacidade aeróbia) e linear (capacidade de corrida anaeróbia - CCA). Com o intuito de caracterizar a percepção subjetiva de esforço nas diferentes intensidades, uma escala de percepção subjetiva será também aplicada antes, durante e após os exercícios. Com adoção de análises computacionais serão quantificados e identificados os metbólitos e proteínas dos atçetas, bem como suas relações com a Vcrit e CCA. Espera-se, por meio desse estudo, avançar os conhecimentos teóricos e práticos sobre as proteínas (e suas isoformas) e metabólitos presentes no plasma sanguíneo de futebolistas, bem como suas relações com as capacidades aeróbia e anaeróbia, obtendo resultados significativos, robustos e inovadores para o conhecimento sobre o perfil fisiológico de jogadores dessa modalidade. Tais achados poderão, futuramente, auxiliar a prescrição e efetividade do treinamento, refletindo no desempenho dos atletas de futebol.