Busca avançada
Ano de início
Entree

Produção de L-asparaginase empregando microrganismo geneticamente modificado

Processo: 19/01757-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2019
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Processos Industriais de Engenharia Química
Convênio/Acordo: Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT)
Pesquisador responsável:Valéria de Carvalho Santos Ebinuma
Beneficiário:Juliano Sales Mendes
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/06908-8 - Desenvolvimento de nanomateriais sustentáveis para a purificação de fármacos antileucêmicos, AP.R
Assunto(s):Bioprocessos   L-asparaginase   Biologia molecular

Resumo

Na área da saúde, este projeto tem uma forte componente de novas biotecnologias e de soluções avançadas paraa produção de produtos biofarmacêuticos a serem utilizados como agentes terapêuticos em vários tipos de câncer,especificamente, em leucemia. A L-asparaginase (E.C.3.5.1.1) (ASNase) é a enzima que catalisa a reação dehidrólise do grupo amino da cadeia lateral do aminoácido L-asparagina, liberando ácido aspártico e amônia, sendoamplamente utilizada como agente anti-neoplásico. Esta enzima pode ser produzida por uma série demicrorganismos, porém, há uma necessidade de novas fontes produtoras com maiores rendimentos e menoresefeitos adversos. Assim, o objetivo deste projeto é avaliar a produção de L-asparaginase por microrganismorecombinante através de novas soluções de desenvolvimento de processos e de produto, nomeadamente naotimização do processo de produção e na utilização de diferentes microrganismos com maior capacidade deprodução. Inicialmente, será feito um screening da produção de ASNase com diferentes sistemas heterólogos deexpressão microbiana em agitador rotativo. Posteriormente, será realizada um estudo em agitador rotativoempregando diferentes fontes e concentrações nitrogênio, concentração de glicose (fonte de carbono), pH inicial etemperatura de cultivo. O desenvolvimento de novas linhas de produção da L-asparaginase permitirá obter umterapêutico com maiores rendimentos, mais eficaz e com efeitos colaterais reduzidos.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.