Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise numérica e experimental da alvenaria estrutural com blocos de concreto para projeto em situação de incêndio

Processo: 18/19748-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2019
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Civil - Estruturas
Pesquisador responsável:Guilherme Aris Parsekian
Beneficiário:Wallison Angelim Medeiros
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Alvenaria estrutural   Análise numérica   Análise experimental

Resumo

No Brasil, as exigências de segurança contra incêndio das edificações são definidas em legislação estadual e na norma brasileira ABNT NBR 14432:2001 - Exigências de resistência ao fogo de elementos construtivos das edificações; onde estão prescritos os requisitos que devem ser atendidos quanto a estanqueidade e isolamento por um tempo suficiente para possibilitar a fuga dos ocupantes da edificação em condições de segurança, a segurança das operações de combate ao incêndio e a minimização de danos a edificações adjacentes e à infraestrutura pública. Atualmente, projetos de estruturas de aço e de estruturas mistas de aço e concreto assim como projetos de estruturas de concreto já possuem normas específicas para a situação de incêndio, são elas: ABNT NBR 14323:2013 e ABNT NBR 15200:2012, respectivamente. No entanto, não há no país, normatização para alvenaria estrutural nessa situação e, portanto, continua sendo necessária a consulta às normas internacionais. Com este trabalho pretende-se caracterizar os componentes e elementos da alvenaria estrutural de blocos de concreto, determinando o desempenho e as propriedades físicas e mecânicas para os blocos com diferentes tipos de agregados, além de entender e determinar parâmetros básicos para projetos de alvenaria estrutural de blocos de concreto em situação de incêndio. Assim, formular uma proposta consistente e sistêmica de contribuições visando a futura revisão da norma. Além de balizar uma primeira normatização nacional sobre o tema, espera-se que a pesquisa seja material de referência para empresas, obras, poder legislativo e agentes que venham a precisar subsídios sobre o assunto e se produza relevante material acadêmico, com a publicação de artigos nacionais e internacionais relevantes.