Busca avançada
Ano de início
Entree

Relações filogenéticas em Xenurobrycon Myers & Miranda-Ribeiro e discussão sobre miniaturização no gênero (Stervardiinae: Characidae: Characiformes)

Processo: 18/23354-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de março de 2019
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Manoela Maria Marinho Koh
Beneficiário:Péricles Vinícius Gentile
Instituição-sede: Museu de Zoologia (MZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/09321-5 - Characiformes miniaturas (Teleostei: Ostariophysi): evolução, diversidade e biogeografia, AP.BTA.JP
Assunto(s):Filogenia   Morfologia animal   Sistemática   Ontogenia

Resumo

Xenurobrycon, um gênero de Xenurobryconini, Stervardiinae, inclui seis espécies miniaturas que ocorrem na bacia do rio Amazonas e Paraguai. Apesar das relações intergenéricas de Xenurobryconini terem sido avaliadas em estudos filogenéticos prévios, não há nenhum estudo sequer visando entender as relações entre as espécies de Xenurobrycon. Ademais, estas espécies apresentam uma série de características provavelmente relacionadas ao pequeno tamanho. A presente proposta pretende elucidar as relações de parentesco destas espécies por meio de uma análise filogenética, e avaliar as estruturas anatômicas redutivas de Xenurobrycon em uma análise comparativa com a sequência ontogenética de um Characide basal, Salminus brasiliensis, de modo a entender se estas características são produtos da evolução da miniaturização na tribo.