Busca avançada
Ano de início
Entree

Dendrímeros de PAMAM modificados com 4-carboximetoxipirrolidona como pró-fármacos potencialmente tuberculostáticos

Processo: 19/03018-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Iniciação Científica
Vigência (Início): 08 de julho de 2019
Vigência (Término): 07 de setembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Pesquisador responsável:Jeanine Giarolla Vargas
Beneficiário:Renan Vinicius de Araujo
Supervisor no Exterior: Joern Bolstad Christensen
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Copenhagen, Dinamarca  
Vinculado à bolsa:17/21154-7 - Dendrímero de poliamidoamina (PAMAM) de primeira geração: planejamento e síntese de pró-fármaco potencialmente ativo em tuberculose, BP.IC
Assunto(s):Tuberculose   Pró-fármacos   Dendrímeros   Química farmacêutica

Resumo

A Tuberculose registrou, no ano de 2017, 10 milhões de novos casos, resultando em 1,4 milhões de mortes, colocando a doença no topo de causas de morte no mundo todo, e a doença infecciosa mais mortal globalmente. No Brasil, houve 72.000 novos casos em 2016, com 4500 mortes, colocando o país na lista de países prioritários para tuberculose com alta incidência. Dendrímeros, por outro lado, têm mostrado muitas aplicações biológicas, especialmente como transportadores de fármacos. O pró-fármaco dendrimérico pode ser útil para melhorar as propriedades farmacocinéticas/farmacêuticas do protótipo. Há alguns pontos a serem resolvidos em se tratando de dendrímeros, considerando sua toxicidade inerente ligada às cargas positivas periféricas, como observada nos dendrímeros de poli(amidoamina). Levando isso em consideração, o objetivo desse projeto é sintetizar um pró-fármaco derivado de PAMAM-G1 modificado com 4-carboximetoxipirrolidona ligado a isoniazida succinoilada. O propósito é que uma vez que o fármaco seja liberado, o grupo 4-carboximetoxipirrolidona que se mantém diminua a toxicidade do dendrímero. A proteção dos grupos funcionais básicos do PAMAM é amplamente usada pelo Professor Jørn B. Christensen (Universidade de Copenhage), colaborador deste projeto. O pró-fármaco será caracterizado estruturalmente e a citotoxicidade será avaliada e comparada ao PAMAM não modificado.