Busca avançada
Ano de início
Entree

Degradação de antibióticos via processos eletroquímicos oxidativos avançados

Processo: 19/00288-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2019
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias
Pesquisador responsável:Marcos Roberto de Vasconcelos Lanza
Beneficiário:Murilo Fernando Gromboni
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/10118-0 - Estudo e aplicação da tecnologia eletroquímica para a análise e a degradação de interferentes endócrinos: materiais, sensores, processos e divulgação científica, AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):20/01439-0 - Mineralização comparativa de uma mistura de antibióticos em matrizes de efluentes hospitalares sintéticas por POAs eletroquímico utilizando uma planta solar, BE.EP.PD
Assunto(s):Triclosan   Eletrocatalisadores

Resumo

Neste projeto de pesquisa pretende-se desenvolver, avaliar e aplicar novos materiais em processos eletroquímicos (e associados), tais como estruturas de grafeno tridimensional (aerogel), decorá-las com nanopartículas catalíticas para a RRO e avaliar sua potencialidade para a eletrogeração de H2O2 para a degradação eletroquímica de compostos com atividade de interferência endócrina (antibióticos, tais como: triclosan), avaliando-se a eficiência desses processos e a identificação de subprodutos de degradação. Como variáveis de estudo, serão avaliados: materiais eletródicos, potenciais de reação, eficiência de degradação de cada processo e a identificação dos possíveis intermediários formados, visando à obtenção de informações para a determinação das rotas de degradação para cada composto. Os compostos alvo e subprodutos serão monitorados por técnicas analíticas instrumentais (cromatografia líquida de alta eficiência com detectores UV/Vis (LC) e de massas (LC-MS), cromatografia de íons (IC), análise de carbono orgânico total (TOC) e outras) visando avaliar a eficiência de cada processo estudado