Busca avançada
Ano de início
Entree

Controle de nanoestruturas auto-organizadas induzidas pela isomerização geométrica de moléculas azobenzeno

Processo: 19/03963-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2019
Vigência (Término): 31 de março de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Raphael Nagao de Sousa
Beneficiário:Bianca Tieme Kitagaki
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/01817-9 - Desenho e controle de padrões eletroquímicos auto-organizados, AP.JP
Assunto(s):Eletroquímica   Cinética química   Auto-organização   Materiais nanoestruturados   Fotoisomerização   Azobenzenos   Microscopia eletrônica de varredura

Resumo

Este trabalho tem como objetivo estudar o controle da formação de nanoestruturas auto-organizadas durante a eletrodeposição oscilatória de cobre pela isomerização geométrica de moléculas azobenzeno e derivados. O controle será realizado por meio da irradiação de luz na região do UV-visível que, por sua vez, induz uma mudança da geometria molecular cis ou trans dependendo do comprimento de onda da radiação. Portanto, este tipo de "photoswitch" permitirá o controle preciso da espessura de nanocamadas metálicas no regime de deposição catódica. Os experimentos serão realizados em solução aquosa de ácido sulfúrico e sulfato de cobre com a adição de moléculas de azobenzeno em uma grande faixa de concentração. A dinâmica do sistema será analisada a partir de técnicas eletroquímicas tradicionais como voltametria cíclica e cronoamperometria enquanto que a caracterização da superfície do eletrodo será baseada em técnicas de microscopia, sendo elas microscopia eletrônica de varredura (MEV) e a elipso-microscopia para imageamento superficial (EMSI).