Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento farmacotécnico de kit liofilizado de DOTATATO para marcação com 68Ga e avaliação pré-clínica

Processo: 19/04172-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2019
Vigência (Término): 31 de março de 2022
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Pesquisador responsável:Elaine Bortoleti de Araújo
Beneficiário:Maria Renata Valente Brandão Freire
Instituição-sede: Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/50332-0 - Capacitação científica, tecnológica e em infraestrutura em radiofármacos, radiações e empreendedorismo a serviço da saúde (PDIp), AP.PDIP
Assunto(s):Farmacotécnica   Tumores neuroendócrinos   Receptores de somatostatina   Gálio

Resumo

Tumores neuroendócrinos representam um grupo heterogêneo de carcinomas, que se originam em células neurais e endócrinas e cuja incidência e prevalência vêm aumentando ao longo das últimas décadas. Atualmente, análogos de somatostatina marcados com Gálio-68, como 68Ga-DOTATOC [DOTA-D-Phe1-Tyr3-octreotideo], 68Ga-DOTANOC [1,4,7,10-tetraazaciclododecano-ido 1,4,7,10-tetra-acico] -1-Na13-octreotideo], e 68Ga-DOTATATO (DOTA-Tyr3-Octreotato) são considerados padrão-ouro no diagnóstico de tumores neuroendócrinos, uma vez que os mesmos superexpressam vários tipos de receptores, como os de somatostatina. O desenvolvimento de kits liofilizados de DOTA-peptídeos para marcação com 68Ga possibilitará ampla distribuição e a fácil adaptação do método de marcação nas radiofarmácias hospitalares a custos mais acessíveis, expandirá as aplicações do diagnóstico de tumores neuroendócrinos por PET no país. O presente trabalho visa o desenvolvimento farmacotécnico, controle de qualidade e avaliação biológica de um kit liofilizado de DOTATATO para marcação com 68Ga obtido de diferentes geradores 68Ge/68Ga, como uma estratégia que promoverá o seu uso generalizado nas radiofarmácias dos centros de Medicina Nuclear hospitalares do país. O desempenho do kit será avaliado quanto à biodistribuição esperada, detecção de lesões e otimização da dose e comparado ao desempenho do 68Ga-DOTATATO produzido em módulo de síntese automatizado. O kit liofilizado para obtenção do 68Ga-DOTATATO a ser desenvolvido no Centro de Radiofarmácia do IPEN, representa possibilidade real de expansão do diagnóstico e manejo do tratamento de pacientes com tumor neuroendócrino recorrente, bem como, uma ferramenta sensível para apoiar ensaios clínicos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)