Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos de diferentes quantidades de energia térmica adicionadas no condicionador sobre o cozimento do amido, macroestrutura dos kibbles, digestibilidade e palatabilidade de rações extrusadas para gatos

Processo: 18/23864-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2019
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Pesquisador responsável:Aulus Cavalieri Carciofi
Beneficiário:Mayara Aline Baller
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Energia térmica   Gatos   Digestibilidade   Extrusão

Resumo

A extrusão de alimentos para gatos, devido à sua composição rica em proteína, requer aplicação de energia térmica na forma de vapor direto, no condicionador do equipamento. Energia térmica é a principal fonte de energia, quantitativamente maior do que a aplicação de energia mecânica no tubo ou canhão extrusor no processamento destes alimentos. No entanto, embora as informações disponíveis sobre o efeito da aplicação de energia térmica sobre a eficiência energética e redução do desgaste mecânico no sistema de extrusão, pouco se sabe sobre suas implicações à macroestrutura dos kibbles, digestibilidade dos nutrientes e palatabilidade do alimento. Os objetivos deste estudo serão avaliar os efeitos da adição de seis quantidades de energia térmica na extrusão de rações para gatos sobre o cozimento do amido, digestibilidade dos nutrientes, formação de produtos da fermentação no cólon, palatabilidade e macroestrutura dos kibbles. Uma mesma formulação padrão para gatos e lote de produção será empregada, à base de farinha de vísceras de frango e milho. Após mistura e moagem dos ingredientes, as rações serão produzidas mediante adição de seis quantidades de vapor no condicionador. Água será adicionada de modo a compensar a maior ou menor adição de vapor, de modo que todos os tratamentos apresentem 28% de umidade de processo. Os parâmetros da extrusora taxa de alimentação, velocidade e configuração da rosca, área aberta da matriz e velocidade de corte da faca não serão alterados. O experimento seguirá delineamento em blocos casualizados, com três blocos de 12 unidades experimentais, seis tratamentos e dois animais por tratamento em cada bloco, totalizando 6 animais por ração. Cada bloco terá duração de 18 dias, sendo do dia 1 ao dia 10 adaptação às dietas e do 11º ao 18º coleta total de fezes para o ensaio de digestibilidade, com os animais alojados individualmente em gaiolas metabólicas. A palatabilidade dos alimentos será testada pelo teste de duas vasilhas, em gatil habilitado com no mínimo 40 animais por comparação. A avaliação do processo e macroestrutura dos kibbles incluirá a determinação da aplicação de energia térmica (kJ/kg), energia mecânica (kW-t/ton), índice de gelatinização do amido, densidade específica e aparente, expansão radial, comprimento específico e força de ruptura (kgf). Os dados obtidos serão submetidos a análise de variância (ANOVA) e as médias comparadas por contrastes polinomiais (P<0,05).

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.