Busca avançada
Ano de início
Entree

Bases genéticas da formação de biofilme em Chromobacterium Violaceum

Processo: 18/25445-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2019
Vigência (Término): 30 de junho de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:José Freire da Silva Neto
Beneficiário:Juliana Alcoforado Diniz
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Crônica   Chromobacterium violaceum

Resumo

Biofilmes são comunidades microbianas nas quais as células encontram-se imersas em uma matriz polimérica autoproduzida. Este estilo de vida é predominante em bactérias ambientais e patogênicas, pois fornece oportunidades de interação social e proteção contra diversos estresses externos. A formação de biofilme tem grande importância em saúde pública, uma vez que inúmeras infecções crônicas associadas a biofilmes bacterianos são de difícil erradicação, pois no biofilme as bactérias apresentam maior resistência à agentes antimicrobianos e às defesas do hospedeiro. O presente projeto tem como objetivo desvendar as bases genéticas da formação de biofilme em Chromobacterium violaceum e avaliar se os genes envolvidos neste processo contribuem na virulência desta bactéria patogênica oportunista. Os determinantes genéticos envolvidos na formação de biofilme serão investigados através da varredura de uma biblioteca de mutantes de transposon de C. violaceum a ser realizada em microplacas de poliestireno (biofilme em sólido) e em tubos de vidro (biofilme em película). As linhagens mutantes com formação de biofilme alterada serão analisadas quanto ao sítio de inserção do transposon e caracterizadas quanto a estrutura do biofilme por ensaios de microscopia. Mutantes em vias regulatórias ou de sinalização serão selecionados para caracterização em modelo de infecção em camundongos, a fim de avaliar a relação entre biofilme e virulência. Os dados obtidos neste projeto deverão contribuir para desvendar mecanismos genéticos importantes para formação de biofilme em C. violaceum e para elucidar a relação do biofilme com o modo de infecção causado por esta bactéria.