Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de processo em secador solar híbrido fotovoltaico: aplicação para secagem de alimentos

Processo: 18/23762-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2019
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Operações Industriais e Equipamentos para Engenharia Química
Pesquisador responsável:Jose Teixeira Freire
Beneficiário:Letícia Ferraresi Hidalgo
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Sistemas particulados   Energia solar   Radiação solar   Secagem de alimentos   Qualidade dos alimentos

Resumo

Entre as fontes térmicas que podem ser utilizadas para a secagem de alimentos, a energia solar apresenta como principal vantagem ser abundante, renovável e não monopolizada. Na secagem solar, o produto é aquecido direta ou indiretamente pelos raios solares e a água é removida pelos processos de transferência simultânea de calor e massa. Pode haver uma melhoria do processo de secagem pelo uso simultâneo da radiação solar e da convecção forçada, na qual ar aquecido escoa pelo material dentro do secador. Para este fim, podem ser utilizados ventiladores simples e de baixa potência, alimentados com fontes alternativas de energia elétrica, como a própria energia solar. Assim, a energia solar pode ser utilizada como fonte térmica e elétrica, tornando esse secador solar híbrido fotovoltaico independente do fornecimento de energia por linhas de transmissão. Este projeto tem por objetivo principal desenvolver um secador solar híbrido fotovoltaico e avaliar sua atuação na secagem de produtos alimentícios, visando a possibilidade de aplicação no contexto da agricultura familiar. A umidade e os parâmetros colorimétricos serão monitorados na secagem de plantas como a cebolinha, uma vez que estão relacionados a critérios de qualidade do produto desidratado e de aceitação pelo consumidor final. Também será avaliado o processo de secagem solar conduzido na ausência e na presença de convecção forçada do ar de secagem, a fim de comparar sua eficiência nas duas situações. Será analisada a possibilidade de proposição de um modelo físico-matemático que descreva o processo de secagem neste material, com base em balanços de massa e energia e os processos de transferência de calor e massa. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)