Busca avançada
Ano de início
Entree

A experiência de pacientes com câncer avançado e cuidadores familiares: ampliando perspectivas de pesquisa e intervenções em Psico-oncologia e cuidados paliativos entre Canadá e Brasil

Processo: 19/02134-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2019
Vigência (Término): 31 de agosto de 2020
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Tratamento e Prevenção Psicológica
Pesquisador responsável:Manoel Antônio dos Santos
Beneficiário:Andrea Carolina Benites
Supervisor no Exterior: Gary Michael Rodin
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Toronto (U of T), Canadá  
Vinculado à bolsa:17/26542-5 - A experiência vivida do cuidador familiar da pessoa com Câncer avançado e os significados da espiritualidade, BP.DR
Assunto(s):Espiritualidade   Psico-oncologia   Cuidados paliativos   Luto   Neoplasias

Resumo

Este Estágio de Pesquisa no Exterior (BEPE) faz parte do estudo de doutorado em desenvolvimento, que tem por objetivo compreender a experiência do familiar que acompanha e cuida do paciente com câncer avançado e o significado atribuído à espiritualidade durante o processo de morrer no hospital e após a perda do ente querido. Para alcançar este objetivo entrevistas individuais audiogravadas estão sendo aplicadas e transcritas na íntegra, e analisadas qualitativamente de acordo com os pressupostos teórico-metodológicos da Fenomenologia. A temática se mostra relevante diante do sofrimento existencial vivenciado por pacientes e seus familiares diante da perspectiva de morte iminente. O Estágio de Pesquisa no Exterior se justifica porque não foi encontrado centro de pesquisa interdisciplinar no Brasil com liderança internacional em estudos teóricos e no desenvolvimento de intervenções sistematizadas voltadas especificamente para o acolhimento do sofrimento e das necessidades existenciais de pacientes com câncer avançado e seus familiares. O Global Institute of Psychosocial, Palliative and End-of-Life Care (GIPPEC) é um instituto interdisciplinar da Universidade de Toronto, Canadá, dedicado a desenvolver pesquisas e intervenções sistematizadas que abordem o sofrimento existencial de pessoas com doença avançada e terminal e de seus familiares. O presente projeto tem por objetivos: (1) Promover a inserção da pesquisadora no referido centro de pesquisa, mediante supervisão do Professor Gary Rodin, possibilitando a familiarização com novos desenhos metodológicos em psico-oncologia e cuidados paliativos; (2) Discutir os dados obtidos no contexto brasileiro com a equipe de Toronto, reconhecida internacionalmente por sua expertise na área; (3) Permitir que a pesquisadora aprofunde seus estudos sobre o domínio da espiritualidade , por meio da participação no programa de treinamento para aplicação da intervenção Managing Cancer and Living Meaningfully (CALM), de modo a adquirir habilidades e competências técnicas que possibilitarão, no futuro, adaptar esse modelo de intervenção à realidade brasileira; (4) Identificar expressões de sofrimento existencial em pacientes com câncer avançado e familiares vinculados a uma instituição hospitalar de Toronto, por meio de entrevistas a serem realizadas com essa população, com o propósito de comparar os resultados com os dados que estão sendo colhidos no Brasil. A aluna deverá permanecer no GIPPEC por 12 meses e o programa de estágio de pesquisa no exterior prevê também a participação nos estudos teóricos, supervisões, seminários e cursos da instituição canadense (objetivos 1, 2 e 3), bem como o desenvolvimento de um novo trabalho de campo envolvendo observação participante e aplicação de entrevistas em indivíduos canadenses (objetivo 4). Os dados serão coletados por meio de anotações no diário de campo e entrevistas, e os dados serão organizados e analisados por meio da análise temática. Como produtos espera-se entregar, ao final do período de estágio: dois artigos a serem submetidos a periódicos estrangeiros, contando com o supervisor do Canadá como coautor, além do relatório científico detalhando as atividades desenvolvidas e seus principais resultados. Este estágio irá contribuir para aprimorar o projeto de doutorado em desenvolvimento no contexto brasileiro, permitindo também fortalecer e ampliar o leque de parcerias internacionais do Laboratório de Ensino e Pesquisa em Psicologia da Saúde (LEPPS-USP-CNPq), alicerçar condições objetivas para a proposição de um convênio entre a Universidade de São Paulo e a Universidade de Toronto, favorecer a incorporação de uma intervenção com abordagem sistematizada (CALM), especialmente delineada para o manejo das necessidades existenciais de pacientes com câncer avançado e seus cuidadores familiares, além de promover o compartilhamento de conhecimento entre as instituições do Brasil e do Canadá.