Busca avançada
Ano de início
Entree

Fotoproteção de células da retina utilizando pigmentos naturais encapsulados em lipossomas

Processo: 19/03134-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado Direto
Vigência (Início): 30 de abril de 2019
Vigência (Término): 29 de janeiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Erick Leite Bastos
Beneficiário:Caroline de Oliveira Machado
Supervisor no Exterior: Elizabeth Richebourg Gaillard
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Northern Illinois University, DeKalb (NIU), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:15/24760-0 - Efeito de pigmentos vegetais antioxidantes sobre a viabilidade de células submetidas a estresse oxidativo fotoinduzido, BP.DD
Assunto(s):Antioxidantes

Resumo

A degeneração macular e a distrofia macular viteliforme são distúrbios oculares que comprometem a visão central, a nitidez da imagem da retina e a visualização das cores. Essas doenças têm sido associadas ao acúmulo de lipofuscina e de seu principal componente, N-retinilideno-N-retiniletanolamina (A2E), nas células do epitélio pigmentar da retina (RPE) causando dano celular foto-oxidativo. Neste projeto, propomos o uso de pigmentos vegetais encapsulados em lipossomas para prevenir os efeitos deletérios da fotossensibilização A2E nas células da retina. Preparamos pequenas vesículas unilamelares contendo antocianinas, betalinas e carotenóides que absorvem a luz do ultravioleta próximo ao laranja e inativam a maioria das espécies reativas oxidastes, incluindo oxigênio singlete, íon superóxido e radicais à base de nitrogênio. Durante a colocação da pesquisa na NIU, sob a supervisão da Prof. Elizabeth Gaillard, a capacidade deste sistema para prevenir a morte de células RPE induzida por agentes oxidantes será avaliada e o mecanismo de fotoproteção será investigado usando espectrometria de massas e espectroscopia resolvida no tempo. Prevemos que os resultados contribuam para o desenvolvimento de métodos não invasivos na prevenção de fotodanos da retina e, possivelmente, resultem em uma formulação antioxidante segura para uma aplicação mais ampla.