Busca avançada
Ano de início
Entree

O papel das sacadas e Antisacadas na tarefa de navegação

Processo: 19/03462-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2019
Vigência (Término): 31 de julho de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Débora Bevilaqua Grossi
Beneficiário:Jéssica Rodrigues Moreira
Supervisor no Exterior: Roberto Teggi
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : Istituto di Ricovero e Cura a Carattere Scientifico S. de Bellis (IRCCS), Itália  
Vinculado à bolsa:17/20902-0 - Avaliação do controle postural estático com e sem perturbação visual e sonora em mulheres com migrânea, BP.IC
Assunto(s):Reabilitação

Resumo

A Migrânea é uma cefaleia primária com recorrentes ataques de dor de cabeça moderada/severa. Pacientes com esta condição frequentemente apresentam déficits de equilíbrio, sintomas vestibulares, e alterações neurológicas. Portanto, sugere-se que a disfunção vestibular tem um papel importante no desequilíbrio de migranosos. O objetivo do projeto BEPE é proporcionar ao estudante de graduação a oportunidade de aprender com um dos melhorores pesquisadores em análise de equilíbrio e melhorar o conhecimento sobre o controle postural e sistema vestibular, contribuindo para estudar mais profundamente a influência dos sintomas vestibulares no equilíbrio de pacientes com enxaqueca. O aluno de graduação acompanhará o projeto liderado pelo professor Roberto Teggi, "The Role of Saccades and Antisaccades on Navigation Task", que avalia o movimento ocular em pacientes com Tontura Perceptiva Postural Persistente (TPPP) e usa exames posturográficos para investigar a relação entre o controle postural e a condição vestibular. O estudante acompanhará as coletas de dados, processamento, e interpretação do projeto e de todos os outros projetos que serão desenvolvidos ao mesmo tempo. Simultaneamente, ela seguirá o neurologista Sandro Iannaccone e o fisioterapeuta Andrea Tettamenti em seus projetos de pesquisa e observará a prática clínica no centro de reabilitação. Por fim, discutirá os dados posturográficos do projeto realizado no Brasil. Com o estágio, espera-se que tanto o aluno quanto o grupo do Brasil sejam capazes de garantir aos pacientes a melhor escolha de tratamento fisioterapêutico.