Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de moléculas bioativas que inibem a atividades dos Vírus Chikungunya e Mayaro

Processo: 19/05614-3
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 28 de maio de 2019
Vigência (Término): 27 de maio de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Biofísica Molecular
Pesquisador responsável:Raghuvir Krishnaswamy Arni
Beneficiário:Raphael Josef Eberle
Supervisor no Exterior: Dieter Willbold
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : Forschungszentrum Jülich, Alemanha  
Vinculado à bolsa:18/07572-3 - Explorando a protease NSP2 dos Vírus Chikungunya e Mayaro: estruturas e inibição, BP.PD
Assunto(s):Bioquímica   Vírus Chikungunya   Moléculas bioativas   Cristalografia   Ressonância magnética nuclear

Resumo

Infecções por alfa vírus representam um problema muito sério, especialmente nos países em desenvolvimento, onde o precário sistema de saúde pública já está sobrecarregado. Um exemplo importante é a infecção pelo vírus Chikungunya, que resulta em considerável trauma social e econômico e requer atenção urgente. A falta de tratamentos eficazes é composta pela potencialidade da co-infecção dos vírus Chikungunya e Mayaro, que intensifica e amplia o problema, uma vez que ambos desencadeiam reações semelhantes e sintomas clínicos análogos. A clivagem das poliproteínas nsP de Chikungunya e Mayaro, pela cisteíno protease nsP2 do próprio vírus, é crucial para a replicação viral. A identificação e caracterização de inibidores específicos de ação simultânea contra a cisteíno protease nsP2 dos vírus Chikunhunya e Mayaro é potencialmente relevante para o desenvolvimento de fármacos e o objetivo deste projeto. Esta proposta é uma extensão da pesquisa de pós-doutoramento em curso e visa aplicar novas técnicas e tecnologias disponíveis no excelente laboratório liderado pelo Prof. D. Willbold para desenvolver novos inibidores com potenciais aplicações clínicas.