Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento e caracterização do cimento de ionômero de vidro modificado por filossilicatos

Processo: 18/23578-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2019
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Regina Maria Puppin Rontani
Beneficiário:Luana de Antonis Pitton
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Materiais restauradores do canal radicular   Cimentos de ionômeros de vidro   Filossilicatos   Resistência mecânica   Mica   Microestruturas   Propriedades mecânicas

Resumo

O cimento de ionômero de vidro (CIV) é um material muito utilizado na Odontologia por apresentar união química à estrutura dental e liberação de fluoretos. Apesar disso, o CIV apresenta baixa resistência coesiva e altas taxas de sorção e solubilidade, que implicam em baixa longevidade e limitam as indicações de uso do material. Na tentativa de melhorar as propriedades mecânicas, diversos materiais foram adicionados ao CIV, mas que não foram totalmente efetivos ou implicaram em redução da liberação de fluoretos. Faz-se necessário o uso de compostos que possam ter estrutura química similar ao CIV, e neste sentido os materiais do grupo dos filossilicatos, como a mica, podem ser destacados, pois são minerais compostos basicamente de silício, alumínio, podendo conter flúor, cálcio e magnésio. Esses materiais apresentam boas propriedades isolantes, propriedades ópticas favoráveis e boa resistência mecânica, quando utilizados na construção civil. Assim, a hipótese do presente estudo é que os CIV acrescidos de filossilicatos tenham suas propriedades melhoradas. Serão testados CIV com a adição de mica, ao pó, em quatro diferentes concentrações. Serão analisadas a microestrutura (MEV e EDS), as propriedades mecânicas (resistência à compressão e microdureza), medidas de brilho e sorção e solubilidade para todos os grupos de estudo. Serão aplicados os testes de normalidade e as análises estatísticas serão feitas considerando um nível de significância de 5%.