Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do laser de baixa potência nos comprimentos de onda vermelho, infravermelho e suas associações na inflamação e classificação da mucosite oral induzida por 5-FU em hamsters

Processo: 19/03412-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2019
Vigência (Término): 31 de março de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Alyne Simões Gonçalves
Beneficiário:Bianca Kaori Yshikawa
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Estomatite   Radioterapia   Quimioterapia   Terapia a laser de baixa intensidade   Infravermelho   Microscopia   Modelos animais

Resumo

Os benefícios da fotobioestimulação (FLBP) com baixa potência já são bem conhecidos para prevenção ou tratamento da mucosite oral (MO), uma condição inflamatória da mucosa bucal causada por quimioterapia convencional e radioterapia de cabeça e pescoço. Com isso, surgiram no mercado diversas opções para a aplicação de laser, como, por exemplo, a aplicação simultânea dos comprimentos de onda vermelho (660nm) e infravermelho (830nm). Entretanto não há ainda evidências científicas a respeito do efeito dessa aplicação simultânea em lesões de MO. Dessa forma, esse estudo tem como objetivo comparar a aplicação simultânea dos comprimentos de onda 660 nm e 830 nm com as aplicações isoladas de cada um desses comprimentos de onda no reparo da MO, a partir de protocolos que já demonstraram eficácia para tratamento dessa lesão na literatura. Para isso, serão utilizados 48 hamsters sírios machos, pesando aproximadamente 150g. Os animais serão divididos em 4 grupos: Quimioterapia (L0), que receberá o protocolo de indução de MO (quimioterápico 5-FU e ranhuras); Laser vermelho (LV) que receberá indução de MO e protocolo de laser de baixa potência em 660 nm, com 10J/cm2 e 0,3J em um ponto central; Laser Infra-vermelho (LIV), que além da indução da MO receberá protocolo 10J/cm2 e 0,3J em um ponto central; E o grupo de aplicação simultânea dos comprimentos de onda 660nm e 830 nm, com 10J/cm2 e 0,3J. O equipamento será o Therapy XT, DMC, com 100mW de potência fixa e área do spot de 0,028 cm2. As lesões orais serão avaliadas por uma escala subjetiva e medidas por um operador calibrado. Os animais serão eutanasiados após 7 e 10 dias de experimento, sendo que as mucosas orais serão removidas para análises histológicas (microscopia de luz e marcação de colágeno pela técnica de Tricômico de Mallory), imunohistoquímica (TNF-±) e análises bioquímicas (TNF-± e hidroxiprolina).