Busca avançada
Ano de início
Entree

Detecção do fungicida carbendazim por meio da técnica de espalhamento Raman amplificado em superfície (SERS)

Processo: 19/06205-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2019
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica
Pesquisador responsável:Carlos José Leopoldo Constantino
Beneficiário:Maria Luísa Botter de Figueiredo
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Espectroscopia Raman amplificada por superfície   Agrotóxicos   Agronegócio   Fungicidas   Efeito Raman

Resumo

O setor do agronegócio brasileiro é muito competitivo internacionalmente, correspondendo a cerca de 25% do PIB (Produto Interno Bruto) nacional. Devido a condições climáticas, a aplicação de agrotóxicos é imprescindível para manutenção da produção. Entretanto, o uso excessivo e o manejo inadequado destes compostos geram riscos ao meio ambiente. Desta forma, busca-se a detecção do fungicida carbendazim (MBC), aplicado em culturas de algodão, citrus, trigo, soja e feijão, por meio da técnica SERS (surface enhance Raman-scatering) utilizando nanopartículas metálicas de prata (AgNps). A detecção será realizada em soluções ideais (com água ultra pura) e com água em diferentes graus de impurezas, inclusive águas de rio, buscando aproximação da realizada prática. A detecção será feita através da distinção das bandas correspondentes ao analito de interesse.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.