Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do imunomodulador P-MAPA associado à interleucina-1² no carcinoma de ovário de ratas Fischer 344: abordagem do processo inflamatório e sistema imune

Processo: 17/03441-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de abril de 2019
Vigência (Término): 30 de abril de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Anatomia
Pesquisador responsável:Luiz Gustavo de Almeida Chuffa
Beneficiário:Henrique Spaulonci Silveira
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):P-MAPA   Sistema imune   Neoplasias ovarianas   Inflamação

Resumo

O câncer de ovário (CO) apresenta alta incidência após a menopausa e, devido ao seu diagnóstico tardio e baixo prognóstico, é a quinta causa mais comum de morte por câncer em mulheres. O CO responde inicialmente aos tratamentos convencionais, retardando o crescimento da massa tumoral, porém, com o tempo, muitas mulheres desenvolvem quimioresistência ligada ao processo inflamatório, e a doença progride com recidiva. A interleucina(IL)-12 tem sido administrada em pacientes com tumores sólidos, incluindo o CO, na tentativa de estimular a resposta inflamatória T helper 1 (Th1), aumentando a produção de interferon-gama (IFN-³). No entanto, o conhecimento de seus efeitos anti-tumorais ainda são limitados para o CO. O imunomodulador P-MAPA (agregado polimérico de fosfolinoleato-palmitoleato de magnésio e amônio proteico - Farmabrasilis) é um biopolímero com inúmeros efeitos significativos sobre componentes do sistema imunológico, sendo capaz de estimular os receptores tipo Toll-like (TLR), particularmente TLR2 e TLR4, e também a produção de linfócitos T, citocinas como a IL-2 e IFN-³, além de promover o aumento da atividade das células natural killers (NKs). Portanto, o presente estudo tem o objetivo de avaliar o efeito dos tratamentos funcionais com PMAPA e IL-12 sobre o processo inflamatório e sistema imune ligado ao CO em ratas Fischer 344. Para tanto, os animais serão induzidos quimicamente com o carcinógeno 7,12 dimetilbenzoantraceno (DMBA) e os efeitos do tratamento estabelecido com P-MAPA e IL-12 avaliados sobre os seguintes parâmetros: frequência e caracterização dos tipos de lesões tumorais nos ovários por meio de análise histopatológica, imunolocalização e quantificação dos receptores TLR2 e TLR4, bem como dos fatores imunológicos por western blot: fator de diferenciação mielóide (MyD88), fator indutor de IFN-³ associado ao domínio TIR (TRIF), fator nuclear relacionado ao interferon (IRF3) e fator nuclear kappaB (NF-k²) envolvidos no processo inflamatório, análise dos mediadores do processo inflamatório (citocinas pró e anti-inflamatória) no soro dos animais com CO através de ensaio multiplex e quantificação de células do sistema imune (TCD3+, TCD4+, TCD8+ e Tregs) presente nos linfonodos drenantes do CO por citometria de fluxo. Esses resultados poderão colaborar no entendimento dos efeitos combinados do P-MAPA e IL-12 nas diferentes respostas biológicas provenientes do processo inflamatório e sistema imune associado ao CO.