Busca avançada
Ano de início
Entree

Hidrogel termorreversível contendo tetracaína encapsulada em carreadores lipídicos nanoestruturados para administração tópica pela via intranasal

Processo: 18/25920-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2019
Vigência (Término): 31 de agosto de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Michelle Franz Montan Braga Leite
Beneficiário:Bruno Vilela Muniz
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/14457-5 - Carreadores baseados em lipídios (SLN/NLC e lipossomas com gradiente iônico) como estratégia para aumentar a encapsulação e a potência de anestésicos locais, AP.TEM
Assunto(s):Sistemas de liberação de medicamentos

Resumo

Uma das grandes conquistas na Odontologia, foi o desenvolvimento de anestésicos locais, os quais permitem a realização do tratamento odontológico indolor na maioria dos casos. No entanto, a administração do anestésico envolve a punção do tecido com agulhas e a injeção da solução, que são procedimentos dolorosos e fortemente indutores de estresse aos pacientes. Para minimizar esse desconforto, anestésicos tópicos são aplicados no local previamente à injeção. Porém, apesar da melhora na qualidade da anestesia superficial induzida por formulações desenvolvidas ultimamente, elas não são eficazes para todos os tipos de anestesia. Vários avanços foram conseguidos no desenvolvimento de anestésicos tópicos para uso tópico mais eficazes envolvendo sistemas de liberação (drug delivery systems), dentre esses sistemas, os carreadores lipídicos nanoestruturados (CLNs) são capazes de solubilizar ativos lipofílicos, diminuir a toxicidade e manter o efeito de fármacos no tecido alvo por mais tempo. O hidrogel de poloxamer 407 (PL407) possui propriedades termorreversíveis e bioadesivas de grande importância para prolongar o tempo de residência das formulações, especialmente em superfície mucosa. Considerando a possibilidade de conseguir anestesia pulpar através da aplicação tópica, a literatura demonstra que a aplicação de tetracaína associada à oximetazolina tópica, pela via intranasal, promove anestesia pulpar de dentes maxilares, inclusive essa combinação foi aprovada pelo FDA em 2016 e comercializada nos Estados Unidos com o nome de KOVANAZE® (St. Renatus, LLC). Desta forma, esta é uma via promissora para este propósito e pouco explorada na literatura. Neste sentido, este projeto se propõe avaliar se o desempenho da tetracaína é melhorado pela sua encapsulação em carreadores lipídicos nanoestruturados dispersos em um hidrogel termorreversível à base de PL407 (formulação previamente desenvolvida e caracterizada em Dissertação defendida vinculada ao presente projeto Temático) visando sua futura administração tópica pela via intranasal com o objetivo de promover anestesia pulpar de dentes maxilares. Serão realizados ensaios de toxicidade em cultura de células de glioblastoma humano (LN229); análise das propriedades mecânicas in vitro; ensaio de mucoadesão ex vivo, e avaliação da capacidade de permeação da formulação através de mucosa nasal em células de difusão vertical do tipo Franz. Espera-se que a formulação apresente baixa toxicidade, boas propriedades mecânicas e mucoadesivas, e com alta capacidade de permear a mucosa nasal.