Busca avançada
Ano de início
Entree

Interferômetro a fibra óptica com controle não-linear para acelerômetros

Processo: 19/04679-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2019
Vigência (Término): 30 de abril de 2021
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Aeroespacial
Pesquisador responsável:João Marcos Salvi Sakamoto
Beneficiário:Gabriel Fernandes de Souza Nunes
Instituição-sede: Instituto de Estudos Avançados (IEAv). Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA). Ministério da Defesa (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Controle não linear

Resumo

Sensores a fibra óptica baseados em interferometria podem ser aplicados na aeronáutica e em aplicações espaciais, por serem tipicamente leves e altamente sensíveis. Eles podem ser sensores inerciais, como por exemplo giroscópios a fibra óptica baseados no efeito Sagnac ou acelerômetros a fibra óptica baseados em grades de Bragg. Um interferômetro óptico é capaz de medir variações de fase de valores extremamente diminutos utilizando o fenômeno de interferência da luz. Entretanto, devido a sua alta sensibilidade o interferômetro é muito suscetível a variações espúrias, por exemplo variações de temperatura ou vibrações mecânicas. Portanto, um sinal de realimentação é necessário para controlar variações indesejadas no sinal interferométrico. Neste trabalho, um interferômetro a fibra óptica com controle não linear será desenvolvido e aplicado para atuar como um acelerômetro para aplicações espaciais.