Busca avançada
Ano de início
Entree

Aprimoramento e manutenção de banco de dados

Processo: 19/05439-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de abril de 2019
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História do Brasil
Pesquisador responsável:Eduardo Romero de Oliveira
Beneficiário:Karla Lorena do Nascimento Bomfim
Instituição-sede: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rosana. Rosana , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/23340-5 - Metodologias interdisciplinares de ativação do patrimônio ferroviário, AP.R
Assunto(s):Patrimônio cultural   Patrimônio industrial   Patrimônio ferroviário   Memória coletiva   Memória cultural   São Paulo   Banco de dados

Resumo

O projeto anterior deu continuidade a ações tecnológicas voltadas para o Patrimônio Ferroviário, progredindo na construção de um banco de dados e IDE que permitem a visualização e espacialização dos resultados. Além disso, ela se torna uma ferramenta que realiza a conexão entre os diferentes pesquisadores do projeto, contribuindo para a difusão dos dados coletados. Em virtude das novas demandas do Projeto Memória Ferroviária, é preciso um aprimoramento das ferramentas já implantadas na versão atual da base de dados, bem como o aperfeiçoamento do cruzamento de informações cadastradas, sobreposição de mapas e apresentação de dados estatísticos. O objetivo desse aperfeiçoamento é aprofundar a constituição de uma rede de informações digitais como recurso de difusão, integração e valorização do patrimônio industrial ferroviário. Nesta nova fase está previsto: 1) Aprimorar a base de dados espaciais (IDE) já consolidada, de acordo com as novas necessidades do projeto de pesquisa; 2) abastecer o banco de dados com informações geoespaciais; 3) gerar novos dispositivos de consulta dos dados, como gráficos e pesquisa cruzada; 4) aprimorar os mecanismos de difusão previamente estabelecidos, como o Portal PMF (https://memoriaferroviaria.rosana.unesp.br) e o Blog PMF (https://projetomemoriaferroviaria.wordpress.com/).