Busca avançada
Ano de início
Entree

Integração da tecnologia de downstream com processos de fermentação a partir de resíduos de biorefinaria

Processo: 18/24360-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 31 de julho de 2020
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária
Pesquisador responsável:Paula Rúbia Ferreira Rosa
Beneficiário:Paula Rúbia Ferreira Rosa
Anfitrião: Daniel R Noguera
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Wisconsin-Madison (UW-Madison), Estados Unidos  
Assunto(s):Biocombustíveis   Bioenergia

Resumo

Dentro da plataforma de carboxilato, os ácidos carboxílicos são vistos como importantes blocos de construção para a indústria química, mas sua recuperação é desafiadora. Além de otimizar as tensões de produção e os processos de fermentação, uma separação eficiente de ácido carboxílico do caldo de fermentação aquoso é indispensável para competir com os atuais processos de produção petroquímica. O objetivo do presente projeto está relacionado à conversão biotecnológica de vinhaça em subprodutos, como os ácidos graxos de cadeia média (AGCMs), avaliando processos a jusante, particularmente a separação e recuperação dos AGCMs. Neste contexto, a extração líquido-líquido será avaliada para a recuperação desses ácidos a partir de um fermentador no qual uma cultura mista está convertendo efluentes de biorefinaria em carboxilatos. As respectivas influências de diferentes solventes; A diluição e recuperação dos MCFAs com métodos de alta tecnologia a jusante serão mostrados. A partir deste projeto, a produção de MCFAs será combinada com procedimentos operacionais de fermentação e abordagens de recuperação e separação, um método eficaz e aplicado para a inovação sustentável a partir de resíduos de lignocelulose é esperado, aumentando a economia da biorrefinaria. A proposta em parceria com a renomada instituição brasileira (UFSCar), a ser realizada na prestigiada Universidade de Wisconsin-Madison, EUA, em parceria com o Wisconsin Energy Institute, atenderá à política e ao esforço conjunto da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e Ministério da Educação (MEC), para promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, inovação e competitividade brasileira através do intercâmbio e da mobilidade internacional.