Busca avançada
Ano de início
Entree

Inibição combinada de proteínas BET e HDACs como uma estratégia efetiva para o tratamento do câncer de mama: um estudo comparativo

Processo: 19/05778-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 18 de junho de 2019
Vigência (Término): 17 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:Heidge Fukumasu
Beneficiário:Pedro Luiz Porfirio Xavier
Supervisor no Exterior: Susanne Muller-Knapp
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Local de pesquisa : Goethe University Frankfurt, Alemanha  
Vinculado à bolsa:17/11966-4 - Modulações epigenéticas e o potencial de auto-renovação de células cancerosas mamárias caninas: a busca por potenciais alvos terapêuticos, BP.DR
Assunto(s):Epigênese genética

Resumo

Neoplasias mamárias são o tipo mais frequente de câncer em cadelas e em mulheres. Além disso, suas células compartilham características semelhantes e podem ser usadas para estudos comparativos e triagem de agentes antineoplásicos. Alvos epigenéticos são destacados como uma potencial terapia inovadora contra o câncer. Inibidores de deacetilases de histonas (HDACs) e proteínas BET tem demonstrado eficiência no tratamento de alguns tipos de câncer, como linfoma, leucemia e NUT midline carcinomas. Em relação ao câncer de mama, poucos estudos observaram bons efeitos desses inibidores. Além disso, quando aplicados individualmente, alguns problemas podem surgir, como, por exemplo, a baixa eficácia e o desenvolvimento de resistência aos medicamentos. Sendo assim, novas estratégias para superar essas limitações são necessárias e uma das possibilidades é testar o efeito combinado da inibição de HDAC-BET usando um inibidor duplo. Propomos neste projeto, um estágio de 8 meses no exterior no Buchmann Institute for Molecular Life Sciences na the Goethe University Frankfurt em Frankfurt, Alemanha para testar um novo e inédito inibidor duplo de proteínas HDAC-BET em células de câncer de mama usando modelos in vitro 2D e 3D. Acreditamos que o período será suficiente para realizarmos as análises e os dados adquiridos determinarão uma possível nova estratégia para futuras terapias direcionadas ao câncer de mama. Em seguida, observaremos os efeitos do novo inibidor duplo de proteínas HDAC-BET utilizando células cancerosas mamárias caninas de nosso laboratório no Brasil, buscando uma abordagem comparativa que nos permita elucidar uma possível estratégia de tratamento para o câncer de mama em mulheres e cães.