Busca avançada
Ano de início
Entree

Cuba, imprensa e revolução: analisando a construção da imagem pública do líder rebelde

Processo: 19/05154-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2019
Vigência (Término): 15 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História da América
Pesquisador responsável:Carlos Alberto Sampaio Barbosa
Beneficiário:Hélio Augusto de Souza Alves
Supervisor no Exterior: Lillian Guerra Rodriguez
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Letras (FCL-ASSIS). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Assis. Assis , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Florida, Gainesville (UF), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:18/14475-4 - Entre a insurreição e o poder: a construção da imagem pública de Fidel Castro Ruz (1952-1959), BP.MS
Assunto(s):Revolução Cubana   Imprensa

Resumo

O presente projeto tem por objetivo garantir a ampliação e uma maior solidez nos resultados da pesquisa de mestrado que se desenvolve, atualmente, no Brasil. Ao passo que no projeto principal objetivamos identificar na imprensa aspectos que comprovem a construção de uma imagem pública de Fidel Castro em Cuba no período 1952-1959, através da presente proposta vislumbramos garantir uma visão panorâmica e assertiva capaz de melhor sustentar a pesquisa em curso no Brasil. Para tanto, se faz necessário o estágio de pesquisa na Universidade da Flórida, na cidade de Gainesville, cuja biblioteca possui em seu acervo documentos chave para as análises que têm se mostrado imprescindíveis no Brasil. Por não contarmos com tais documentos - são eles: edições completas da Revista Bohemia, inclusive com os artigos de Fidel Castro; Noticias de Hoy; Verde Olivo; dentre outros -, a Universidade da Flórida é o local onde melhor receberemos o auxílio material que nos falta, além, é claro, de possuir um importante Centro de Estudos Latino-Americanos com trabalhos que podem enriquecer nossa pesquisa e professores que são verdadeiras referências nos estudos a respeito da história, política e sociedade no Caribe, como a Dra. Lillian Guerra - que aceitou supervisionar e contribuir para esse trabalho.