Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelagem matemática para transmissão de esquistossomose em áreas de baixa prevalência

Processo: 18/24811-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2019
Vigência (Término): 30 de abril de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Matemática - Matemática Aplicada
Pesquisador responsável:Hyun Mo Yang
Beneficiário:Thomas Nogueira Vilches
Instituição-sede: Instituto de Matemática, Estatística e Computação Científica (IMECC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Modelagem computacional   Equações diferenciais   Biomatemática

Resumo

Este projeto prevê o estudo da transmissão da esquistossomose em áreas debaixa prevalência. Serão utilizadas diferentes técnicas de modelagem compatíveis comos problemas tratados. Os limiares epidêmicos e a dinâmica da doença na populaçãohumana serão estudados através de equações diferenciais ordinárias, enquanto a dinâmicadas fases aquáticas do parasita e a dinâmica do hospedeiro intermediário, o caramujo,serão tratadas através de equações diferenciais parciais e modelos baseados em agentes.Será estudada a aplicação de estratégias de controle com base no diagnóstico em massafeito pela técnica de detecção chamada Helmintex. Por último, iremos analisar o custo-benefício do controle do ponto de vista governamental.