Busca avançada
Ano de início
Entree

Aplicação de método de estimativa de sexo por meio de análise qualitativa e quantitativa de crânios brasileiros

Processo: 19/00625-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2019
Vigência (Término): 30 de junho de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Maria Gabriela Haye Biazevic
Beneficiário:Joyce Campos de Miranda
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Odontologia legal   Ciências forenses   Antropologia forense   Determinação do sexo pelo esqueleto   Crânio   Caracteres sexuais   Análise qualitativa

Resumo

A análise do dimorfismo sexual tem sido bastante explorada na Antropologia Forense e Odontologia Legal visando a importância que estimativa dos caracteres gerais do indivíduo exercem no processo de identificação humana. O presente estudo tem como objetivos principais verificar a acurácia de uma técnica qualitativa em uma amostra de crânios brasileiros e uma metodologia quantitativa em uma amostra de crânios portugueses para estimativa do sexo. A amostra brasileira será composta por 120 crânios adultos do acervo do Instituto de Estudo e Pesquisa em Ciências Forenses - IEPCF. A amostra portuguesa será composta por 120 crânios adultos provenientes da Coleção de Esqueletos Identificados do Século XXI (CEI/XXI) do Laboratório de Antropologia Forense do Departamento de Ciências da Vida da Universidade de Coimbra. As duas amostras são documentadas, com as características biológicas advindas do obituário dos indivíduos. Será aplicada a técnica de Walker (2008) na amostra brasileira e as mensurações e tabela interativa descritas por Lopez-Capp et al. (2007) na amostra portuguesa. Posteriormente, os resultados serão confrontados com os registros dos acervos e a taxa de acerto será mensurada, por meio de análise descritiva, análise discriminante e curva ROC utilizando o software STATA 13.0. Caso seja observado que as metodologias não se apliquem as referidas amostras, será proposto uma adaptação da técnica, tornando-a adequada à realidade de cada País.