Busca avançada
Ano de início
Entree

Por dentro dos desmanches: mercados legais e ilegais a partir da circulação de peças automotivas

Processo: 19/05576-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2019
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Ciência Política - Políticas Públicas
Pesquisador responsável:Gabriel de Santis Feltran
Beneficiário:Lucas Alves Fernandes Silva
Instituição-sede: Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07616-7 - CEM - Centro de Estudos da Metrópole, AP.CEPID
Assunto(s):Mercantilização   Contrabando   Autopeças   Veículos   São Paulo (SP)

Resumo

A Iniciação Científica integrará o CEPID CEM na linha de pesquisas Mercados (i)legais, desigualdades e violência: mecanismos de fabricação do urbano no Brasil, a partir de São Paulo, que tem como objetivo mapear o mercado (i)legal de veículos e seus mecanismos de produção de desigualdades e violência, a partir da cidade de São Paulo. Objetivo exigente, dada a escassez da produção acadêmica nacional, em Ciências Sociais, sobre o mercado ilegal de veículos, mas, principalmente, dada a sua conexão econômica com os mercados legais. Algo que acontece através do dinheiro gasto em consumo de bens e demais investimentos feitos nos mercados formais. Com isso em vista, esta IC tem como proposta estudar estabelecimentos comerciais conhecidos popularmente como desmanches. Caracterizados pela desmontagem de veículos usados, normalmente sem condições de circulação, para a comercialização de suas peças, esses estabelecimentos são historicamente associados, na cidade de São Paulo, ao furto e ao roubo de carros devido a possibilidade de rápida circulação do veículo subtraído ao desmembrá-lo, dificultando o trabalho de rastreamento. Contudo, pouco sabemos sobre a sua articulação com outros mercados ilegais e legais como, por exemplo, leilões e seguradoras. Desse modo, interessa diretamente para este trabalho compreender como os desmanches paulistas estão organizados, observar as práticas que os compõem e as relações sociais que permeiam seu cotidiano. Mais especificamente, interessa entender as suas dimensões mercantis; balizas para as negociações entre os agentes e; capacidade para estabelecer preços.