Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da inibição do crescimento de patógenos causadores de mastite ovina pelo sobrenadante de estafilococos não-aureus

Processo: 19/03455-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2019
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Alice Maria Melville Paiva Della Libera
Beneficiário:Jennifer Evangelista de Amorim
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Mastite animal   Glândulas mamárias   Patógenos   Staphylococcus aureus   Fatores de virulência   Produção de leite   Qualidade do leite   Clínica médica veterinária

Resumo

A produção de leite ovina vem se destacando na pecuária brasileira, com isso, a prevenção de doenças é de suma seriedade para reduzir as perdas ao produtor. A mastite é a enfermidade de maior impacto na produção leiteira, sendo responsável por inúmeros danos. O presente estudo é de relevância no que se diz respeito à qualidade do leite, bem-estar e à saúde pública, devido ao surgimento de cepas bacterianas resistentes aos antimicrobianos presentes no mercado e além, dos prejuízos relacionadas à produção e à qualidade do leite. O objetivo do estudo é verificar os efeitos inibitórios do sobrenadante de estafilococos não-aureus (NAS), frente aos principais patógenos causadores de mastite ovina (Klebsiella spp., Staphylococcus aureus e Streptococcus uberis). NAS são patógenos encontrados na flora do úbere e podem exercer um efeito inibitório frente a outros patógenos, podendo fazer isso através de mecanismos de virulência como a liberação de bacteriocinas. Dessa forma, podemos sugerir o uso destes isolados no controle e/ou tratamento da mastite ovina e com isso, reduziríamos o uso indiscriminado de antimicrobianos.