Busca avançada
Ano de início
Entree

O heterodímero PARP9-DTX3L e sinalização por interferon em resposta a danos ao DNA

Processo: 19/06769-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2019
Vigência (Término): 31 de outubro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Nicolas Carlos Hoch
Beneficiário:Maísa Moreira Gonçalves da Silva
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:18/18007-5 - ADP-ribosilação de proteínas: sinalização de danos ao DNA e impactos na saúde humana, AP.JP
Assunto(s):Reparo do DNA   Deleção de genes   Dano ao DNA   Interferons

Resumo

Danos ao DNA ativam respostas celulares pleiotrópicas como parada do ciclo celular e senescência, mas também podem induzir a sinalização inflamatória por interferon, que é uma via antiviral ativada pela presença de DNA no citoplasma. Nós identificamos PARP9 e DTX3L, duas proteínas que formam um heterodímero em células e que são expressas a partir de um mesmo promotor responsivo a interferon, em um screen por fatores que reconhecem uma modificação de histona induzida por danos ao DNA. Subsequentemente, determinamos que a deleção de DTX3L sensibiliza células a um tipo de dano ao DNA pouco estudado. Neste projeto iremos estudar como PARP9 e DTX3L influenciam a sinalização de danos ao DNA e a resposta interferon.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.