Busca avançada
Ano de início
Entree

Como adentram a membrana os peptídeos penetradores de células?

Processo: 19/03023-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de maio de 2019
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Biofísica de Processos e Sistemas
Pesquisador responsável:Iolanda Midea Cuccovia
Beneficiário:Peter Park
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/08166-5 - Química em interfaces: interações de fármacos, peptídios e enzimas com membranas modelos, AP.TEM
Assunto(s):Simulação de dinâmica molecular   Peptídeos penetradores de células   Fosfolipídeos   Membranas

Resumo

O TAT, um peptídeo penetrador de células (Cell Penetrating Peptide, CPP), adentra nas células eucarióticas sem comprometer a integridade da membrana plasmática. O TAT é utilizado hoje como carreador intracelular de moléculas de interesse, como fármacos, proteínas e DNA. Contudo, o mecanismo molecular de penetração é controverso. Evidências experimentais e teóricas diversas divergem, e sugerem que a passagem pela membrana pode ser explicada por mecanismos clássicos de endocitose ou, em contraposição, translocação direta sem o gasto de energia. A elucidação do mecanismo de penetração pode fornecer novos conceitos na compreensão das interações proteína/peptídeo membrana bem como contribuir para melhorar a eficácia e seletividade no uso do TAT como transportador. Neste projeto, propomos estudar o mecanismo de ação do TAT por meio de técnicas experimentais e de simulações de Dinâmica Molecular. Para isso, utilizaremos o TAT e análogos com caudas hidrofóbicas para se estudar o efeito da hidrofobicidade na interação do TAT com bicamadas. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.