Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização físico-química e biológica de sistemas de hidrogéis de PNVCL e de nanopartículas de quitosana contendo peptídeos antimicrobianos e flavonóides para aplicação em procedimentos de regeneração endodôntica

Processo: 18/07735-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2019
Vigência (Término): 30 de abril de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Odontopediatria
Pesquisador responsável:Cristiane Duque
Beneficiário:Karina Sampaio Caiaffa
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Endodontia

Resumo

Este estudo apresenta dois principais objetivos: 1) avaliar in vitro os efeitos antimicrobiano, anti-inflamatório e indutor de diferenciação celular e mineralização dentinária da combinação de peptídeos antimicrobianos e flavonoides e 2) caracterizar físico-química e biologicamente hidrogéis ou nanopartículas de quitosana como carreadores poliméricos desses compostos para fins de regeneração endodôntica. Primeiramente, pretende-se avaliar a atividade antimicrobiana, em combinação, dos peptídeos antimicrobianos: LL-37 e seu análogo KR-12-a5 com os flavonoides taxifolina e EGCG por meio da determinação da concentração inibitória fracionada sobre microrganismos de interesse endodôntico. Em seguida, as melhores combinações serão selecionadas para determinação do efeito sobre biofilme simples e em dual-espécie por contagem das UFC/mL. Além disso, essas combinações também serão avaliadas sobre células indiferenciadas pulpares (hDPC) ou da papila apical dentária (SCAP - parte a ser desenvolvida no exterior) quanto à capacidade de diferenciação celular e indução de mineralização, em ensaios de ALP, de nódulos de mineralização e expressão de DMP-1 e DSPP. A atividade anti-inflamatória das combinações peptídeo-flavonoide também será avaliada pela quantificação dos níveis de TNF-± produzido pelas células hDPC na presença de LTA e LPS, por meio de ensaios de ELISA. As combinações com melhores resultados serão incorporadas em dois tipos de sistemas: hidrogéis termossensíveis de PNVCL ou nanopartículas de quitosana. A caracterização físico-química dos sistemas será realizada por testes reológicos, de liberação dos compostos e por espectroscopia de massa. O efeito biológico dos sistemas será avaliado pela ação antibiofilme em microscopia confocal, citotoxicidade nas culturas de hDPC e SCAP e expressão gênica de marcadores de mineralização. Com este estudo, pretende-se propor duas opções de carreadores poliméricos contendo produtos naturais que apresentem propriedades terapêuticas interessantes para futura aplicação em engenharia tecidual endodôntica.