Busca avançada
Ano de início
Entree

Triagem de bactérias que promovem o crescimento de Setaria viridis através de compostos orgânicos voláteis

Processo: 19/06114-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2019
Vigência (Término): 30 de abril de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Convênio/Acordo: Agilent
Pesquisador responsável:Juliana Velasco de Castro Oliveira
Beneficiário:Guilherme Masiero Fontanetti
Instituição-sede: Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM). Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (Brasil). Campinas, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/20521-6 - Plataforma HS-GC/MS para a análise de voláteis promotores de crescimento vegetal, AP.PITE
Assunto(s):Microbiologia do solo   Auxinas

Resumo

Apesar dos avanços nas práticas agrícolas, para alimentar a população mundial que vem crescendo, é necessário aumentar ainda mais a produção de alimentos, e é desejável que isso seja realizado adotando práticas sustentáveis. Diversas bactérias promotoras de crescimento vegetal podem aumentar a produtividade de culturas agrícolas através de uma série de mecanismos. Recentemente nosso grupo isolou mais de 7.000 bactérias de raízes e solos de cana-de-açúcar de diferentes regiões, e cerca de 100 possuem capacidade de produzir altas quantidades de auxina e/ou solubilizar fosfato, mecanismos bem estabelecidos como promotores de crescimento vegetal. Adicionalmente, em estudos preliminares, nós identificamos espécies de bactérias produtoras de compostos orgânicos voláteis (COVs), os quais também são capazes de promover o crescimento vegetal. O uso destes COVs é promissor pois não depende da interação direta do organismo com a planta, tornando-os ideais para mediar interações de curta e longa distância. COVs bacterianos já foram mostrados como importantes para o crescimento e saúde de plantas modelo, como a Arabidospsis thaliana. Entretanto, até agora, são raros os estudos que mostram o impacto dos COVs bacterianos em plantas modelo de metabolismo C4, como Setaria viridis, o que abre perspectiva para novas descobertas. Assim, os principais objetivos deste projeto são: (i) avaliar o potencial de diferentes gêneros de bactérias em promover o crescimento de S. viridis através de COVs; e (ii) testar a eficiência destas bactérias em diferentes meios de cultura e concentração. Isto representará uma maneira sustentável de substituir, pelo menos em parte, os produtos químicos usualmente utilizados, aumentar a produtividade agrícola, e reduzir os custos de produção de alimento.