Busca avançada
Ano de início
Entree

Resposta do milho e da microbiota do solo ao fósforo residual em um sistema de produção

Processo: 19/03694-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2019
Vigência (Término): 30 de abril de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia
Pesquisador responsável:Ciro Antonio Rosolem
Beneficiário:Anita Beltrame
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agronômicas (FCA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Sistemas de produção   Sistema radicular   Produção agrícola   Fertilizantes fosfatados   Adsorção (química)   Capim braquiária   Microbiota   Fósforo

Resumo

Um dos principais fatores limitantes para a produção agrícola em solos tropicais é a adsorção de fósforo pelos solos tropicais intemperizados. Desta forma, o fertilizante fosfatado é aplicado em quantidades maiores do que a exigência das culturas, favorecendo um acúmulo de fósforo indisponível no solo, chamado de legado do fósforo. Uma ferramenta que pode ser usada para recuperar este P menos lábil seria a introdução de plantas de cobertura eficientes na absorção do nutriente. Assim, o P absorvido pelas plantas de cobertura pode ser reciclado, ficando disponível para as culturas. Foi demonstrado que as braquiárias, além de um grande sistema radicular, podem adquirir P ligado a óxidos de Fe e Al a partir da modificação da rizosfera pela acumulação de fosfatases ácidas e exsudação de ácidos orgânicos. Ocorre que estas modificações alteram o ambiente, provavelmente afetando a microbiota nesta região, o que pode favorecer ou diminuir o aproveitamento do P.