Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento e análise de scaffolds bioativos para regeneração do tecido dentinário

Processo: 19/06884-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2019
Vigência (Término): 30 de abril de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Diana Gabriela Soares dos Passos
Beneficiário:Camila Correa da Silva Braga de Melo
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/15674-5 - Associação de técnicas de engenharia tecidual para modulação da regeneração de tecidos mineralizados sob inflamação degenerativa: análise em modelos de cultura-3D em biorreator de perfusão e inflamatórios em animais, AP.JP
Assunto(s):Biomateriais

Resumo

O capeamento pulpar direto do tecido pulpar ainda é uma terapia com limitado número de opções clínicas, sendo baseada no emprego de materiais que causam uma necrose de coagulação do tecido pulpar, seguido de regeneração tecidual mediada pelo potencial regenerativo intrínseco das células tronco pulpares (DPSC). Neste projeto de pesquisa, busca-se o desenvolvimento de scaffolds macro-porosos de quitosana capazes de ativar o processo de dentinogênese reparadora a partir das DPSCs, visando o reparo da dentina. O desenvolvimento do scaffold será baseado na associação de diferentes técnicas empregadas na engenharia tecidual, com o objetivo de obter uma rede de macro-poros interconectados que permitam adequada infiltração celular. Após determinação da formulação e técnica de obtenção, os scaffolds serão submetidos ao processo de biomineralização com hidroxiapatita por meio de incubação em plasma sanguíneo sintético. As DPSCs serão semeadas nos scaffolds selecionados, sendo os seguintes parâmetros celulares avaliados em diferentes períodos de cultivo: indução da quimiotaxia, viabilidade e proliferação celular, migração celular para o interior do scaffold, diferenciação odontogênica e deposição de matriz mineralizada. Os dados numéricos obtidos através da aplicação dos protocolos laboratoriais serão submetidos a análise estatística específica.