Busca avançada
Ano de início
Entree

Insights de big-data sobre nicho biogeográfico, conservação e viés de coleta no grupo do cacau (Malvaceae) na América do Sul

Processo: 19/04530-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 10 de junho de 2019
Vigência (Término): 09 de outubro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Fitogeografia
Pesquisador responsável:José Rubens Pirani
Beneficiário:Matheus Colli Silva
Supervisor no Exterior: Alexander Zizka
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : German Centre for Integrative Biodiversity Research (iDiv) Halle-Jena-Leipzig, Alemanha  
Vinculado à bolsa:17/19295-1 - Biogeografia e conservação de Byttnerioideae, Helicterioideae e Sterculioideae (Malvaceae) na Mata Atlântica, com uma sinopse de suas espécies no Sudeste do Brasil, BP.MS
Assunto(s):Áreas de conservação

Resumo

Mapear padrões biogeográficos é essencial no entendimento da evolução e diversificação das linhagens, especialmente em grupos taxonômicos pouco estudados, como é o caso de Malvaceae. Esta família botânica é particularmente diversa na região Neotropical, com altos índices de endemismo na região; no entanto, ainda não está claro se a rede existente de áreas protegidas é eficiente o suficiente para a proteção desta enorme diversidade. Neste projeto, escolhemos três subfamílias de Malvaceae - Byttnerioideae, Helicterioideae e Sterculioideae, o que compreende 11 gêneros e 273 espécies, das quais 248 são endêmicas da América do Sul - como modelo para acessar questões referentes a padrões biogeográficos, viés de coleta e conservação. Os quatro meses de estágio aqui proposto darão ao estudante a possibilidade de conduzir novas e robustas análises computacionais para acessar propriamente essas questões. Especificamente, perguntamos se: (i) há grandes áreas de endemismo e bioregiões formadas por este grupo, e, caso positivo, elas estão relacionadas com fatores ambientais; (ii) a inferência da riqueza de espécies e bioregiões é afetada pela escolha da base de dados (e.g. coleções de herbários vs. dados de observação); e (iii) Diferentes grupos de Malvaceae estão bem representados na malha de unidades de conservação da América do Sul e quais são as implicações disso na conservação do grupo. Este estágio é essencial para aprimorar os métodos e análises para responderem essas questões, especialmente considerando a grande base de dados aqui construída (que já foi compilada pelo estudante no projeto principal). O German Centre for Integrative Biodiversity Research (iDiv) foi escolhido como instituição-sede devido a existência de um grupo dinâmico em macroevolução e produção de novos métodos analíticos em biogeografia comparada e análises de big-data, comandados pelo supervisor de lá.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.