Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da digestibilidade in vitro de carreadores lipídicos nanoestruturados com incorporação de ²-caroteno

Processo: 19/05176-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2019
Vigência (Término): 31 de março de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Tecnologia de Alimentos
Pesquisador responsável:Ana Paula Badan Ribeiro
Beneficiário:Fernanda Luisa Lüdtke
Supervisor no Exterior: Antonio Augusto Vicente
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia de Alimentos (FEA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universidade do Minho (UMinho), Portugal  
Vinculado à bolsa:18/03172-0 - Desenvolvimento de carreadores lipídicos nanoestruturados para incorporação de compostos bioativos lipofílicos, BP.DR
Assunto(s):Biodisponibilidade   Compostos bioativos   Estabilidade   Óleos e gorduras

Resumo

A nanotecnologia tem se mostrado um importante foco da atenção pública em todo o mundo, em decorrência de sua ampla gama de aplicações e a funcionalidade superior dos sistemas de liberação em nanoescala. Nanopartículas desenvolvidas à base de lipídios estão entre as tecnologias de encapsulamento mais promissoras no campo da nanotecnologia. Atualmente são desenvolvidos dois tipos de nanopartículas lipídicas (NL) utilizando matrizes lipídicas sólidas: Nanopartículas Lipídicas sólidas (NLS) compostas por lipídios sólidos, e Carreadores Lipídicos Nanoestruturados (CLN), compostos por lipídios sólidos e líquidos. Como uma das principais tendências no desenvolvimento destas estruturas, destaca-se o uso de óleos e gorduras comestíveis e/ou comercialmente disponíveis no âmbito da indústria de alimentos, em substituição às matrizes lipídicas sintéticas, que se mostram pouco viáveis para aplicações alimentícias, em termos de custo e dos aspectos regulatórios, para incorporação de compostos bioativos, a fim de aumentar sua biodisponibilidade. Assim, o objetivo deste projeto é a avaliação da digestibilidade in vitro de carreadores lipídicos nanoestruturados com incorporação de ²-caroteno, obtidos através da técnica de homogeneização a alta pressão a quente, utilizando como matrizes lipídicas óleo de soja totalmente hidrogenado (OSTH) e óleo de girassol alto oleico (OGAO). O projeto será desenvolvido em quatro distintas etapas, em que na primeira serão realizadas avaliações preliminares para a obtenção dos CLN, como formulação da pré-emulsão e testes preliminares, para seleção de emulsificante e condições do processo. A segunda etapa corresponde à obtenção dos CLN a partir de diferentes sistemas lipídicos OSTH:OGAO (90:10; 80:20; 70:30; 60:40; 50:50; 40:60 m:m), e posterior caracterização e estudo de estabilidade, a fim de selecionar os CLN mais estáveis para a incorporação do composto bioativo beta-caroteno às estruturas, que será realizada na terceira etapa deste projeto, com subsequente caracterização e estudo da estabilidade dos CLN obtidos; bem como avaliação da digestibilidade in vitro.