Busca avançada
Ano de início
Entree

Genômica da bactéria endossimbionte Wolbachia presente em assembleias neotropicais de drosofilídeos

Processo: 19/07021-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2019
Vigência (Término): 31 de agosto de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Rodrigo Cogni
Beneficiário:Marcos Aurélio Martins Oliveira da Silva
Supervisor no Exterior: Brandon S Cooper
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Montana (UM), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:18/01295-8 - Descrição quantitativa de uma comunidade de drosofilídeos e seus inimigos naturais em um gradiente de altitude da Mata Atlântica, BP.MS
Assunto(s):Parasitismo   Wolbachia   Mutualismo   Evolução   Drosophila

Resumo

Interesses egoístas colocam endossimbiontes transmitidos maternalmente em conflito genético com o hospedeiro. Wolbachia é um exemplo de endossimbionte de sucesso e está presente em 50% de todos os artrópodes. Um processo que explica essa alta prevalência é a capacidade da bactéria de manipular a reprodução do hospedeiro a seu próprio favor pelo mecanismo de incompatibilidade citoplasmática (CI). No entanto, mesmo estando tão presente nas espécies e com frequências altas nas populações, foi mostrado que linhagens de Wolbachia que infectam moscas do gênero Drosophila mantém frequência alta sem desempenhar CI. A presença de Wolbachia também está associada com outros custos para o hospedeiro, no entanto, efeitos mutualísticos envolvendo complementação nutricional e proteção contra vírus de RNA em condições de laboratório já foram mostrados. Intrigantemente, Wolbachia apresenta uma considerável variação em frequência em populações naturais em gradientes de altitude e entre estações do ano. Meu objetivo é explorar a questão da alta abrangência de Wolbachia na natureza mudando a escala da pergunta a nível de comunidades e descrever a prevalência de Wolbachia em assembleias de drosofilídeos na Mata Atlântica. Especificamente, eu vou caracterizar a presença de Wolbachia, a frequência e os fenótipos desempenhados em assembleias de drosofilídeos presente em duas altitudes diferentes e em duas estações. A mudança da escala de populações de uma espécie para uma assembleia para a descrição de padrões em ecologia é fundamental para identificar processos agindo no sistema.