Busca avançada
Ano de início
Entree

Relação entre os níveis de ácido lipoteicóico e perfil de citocinas no ambiente subgengival de indivíduos diabéticos: estudo de caso controle

Processo: 18/12208-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2019
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Periodontia
Pesquisador responsável:Renato Corrêa Viana Casarin
Beneficiário:Larissa Cristina Spirito Pena
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Ácido lipoteicoico   Fatores de virulência   Infecções por bactérias gram-positivas   Diabetes mellitus

Resumo

O Diabetes Mellitus é um grupo de doenças metabólicas que acomete um número crescente na população mundial e que possui uma interdependência com a periodontite. A doença periodontal é uma doença inflamatória multifatorial, causada pela resposta imune-inflamatória do hospedeiro aos periodontopatógenos presentes no biofilme subgengival. Tem se indicado um papel importante das bactérias gram- positivas na evolução da doença periodontal em pacientes diabéticos. O LTA é o fator de virulência dessas bactérias, em que, as últimas pesquisas, o indicaram como uma endotoxina com maior presença em bolsas periodontais de diabéticos. Desta maneira, para as análises do presente estudo, serão selecionadas 40 pessoas, sendo estas divididas em dois grupos distintos: 20 indivíduos diabéticos com periodontite crônica severa generalizada e 20 normoglicêmicos com periodontite crônica severa generalizada (grupo controle). Cada indivíduo será clinicamente avaliado quanto à sua condição periodontal, utilizando o nível de inserção clínica (NIC) como parâmetro principal. Além disso, serão coletadas amostras do fluido gengival crevicular de cada participante e, posteriormente, serão feitas análises dos níveis de LTA. O valor das citocinas encontradas nos grupos distintos serão comparadas por teste T de Student ou Mann-Whitney, dependendo da normalidade apresentada pelo teste de Shapiro- Wilk. Espera-se que os resultados obtidos pelo estudo contribuam para o melhor entendimento do efeito da patogenicidade das bactérias gram positivas na relação bidirecional entre diabetes mellitus e doença periodontal.