Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação da expressão do gene EVI1 e seu impacto prognóstico em leucemia mielóide aguda

Processo: 18/23920-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2019
Vigência (Término): 30 de abril de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Fabíola Traina
Beneficiário:Luís Eduardo Moreira Martins
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Hematologia   Leucemia mieloide aguda   Prognóstico   Expressão gênica   Medula óssea

Resumo

A leucemia mieloide aguda (LMA) é o nono tipo de câncer mais prevalente no Brasil e representa um grupo heterogêneo de doenças em que há expansão do progenitor mieloblasto, cujo percentual, na medula óssea ou no sangue periférico, igual ou superior a 20% é critério diagnóstico. Para o diagnóstico e estratificação de risco, faz-se necessário a avaliação do sangue periférico, aspirado de medula óssea, imunofenotipagem e cariótipo. Alterações genéticas, como deleções e translocações cromossômicas, mutações e polimorfismos, expressão gênica, predizem prognóstico da doença e são utilizados para classificação e estratificação prognóstica em LMA. Pesquisas apontam que a alta expressão do gene EVI1, localizado no cromossomo 3q26, com prevalência de certas isoformas, acarreta em mau prognóstico nos pacientes com LMA. Como a maior parte dos estudos foram realizados em populações europeias e as análises ainda são restritas, torna-se importante uma abordagem da expressão gênica de EVI1 e seu impacto prognóstico na população brasileira com base em uma amostra de pacientes suficientemente relevante. O objetivo deste trabalho é investigar a expressão gênica de EVI1 em amostras de medula óssea de pacientes com LMA em seguimento no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, avaliar a associação da expressão gênica de EVI1 com variáveis clínicas e seu impacto prognóstico. A expressão gênica será avaliada através de PCR em tempo real. Para as análises de associações, teste exato de Fisher, Mann-Whitney ou Kurskall-Wallis serão utilizados conforme apropriado. O teste Log-rank (Mantel-Cox) será utilizado para as estimativas de sobrevida global e sobrevida livre de doença.