Busca avançada
Ano de início
Entree

O processo decisório na política externa brasileira: o caso da Petrobras (1972-2016)

Processo: 18/19289-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2019
Vigência (Término): 31 de maio de 2022
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Ciência Política - Política Internacional
Pesquisador responsável:Pedro Feliú Ribeiro
Beneficiário:Rodrigo Pedrosa Lyra
Instituição-sede: Instituto de Relações Internacionais (IRI). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Política externa do Brasil   Relações internacionais   Indústria do petróleo

Resumo

Como é o processo decisório das operações internacionais da Petrobras e qual a relevância da política externa brasileira nas tomadas de decisão? Ao contrário de parte da literatura sobre o tema, a principal hipótese é de que, no que se refere a investimentos externos em petróleo e energia, a Petrobras atua com autonomia decisória no exterior, enquanto o Itamaraty, de forma coadjuvante. Acredita-se que a análise do processo decisório das operações internacionais da Petrobras possa expor as motivações da empresa e da chancelaria brasileira e a forma como se relacionam decisões de mercado e decisões políticas. Será utilizada metodologia quantitativa e qualitativa de Análise de Política Externa (APE), mais precisamente content analysis, em conjunto com softwares de estatística para a quantificação de menções à energia, petróleo e Petrobras nas comunicações diplomáticas.