Busca avançada
Ano de início
Entree

Busca virtual de novos inibidores da angiogênese patológica

Processo: 18/24678-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 31 de julho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica
Pesquisador responsável:Ricardo Jose Giordano
Beneficiário:Erika Piccirillo
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Modelagem molecular   Inibidores da angiogênese   Neovascularização patológica

Resumo

Angiogênese, formação de vasos sanguíneos a partir dos já existentes, é um processo importante na saúde e na doença. O principal fator envolvido neste processo é o fator de crescimento vascular (VEGF) e seus receptores e, neste contexto, terapias anti-VEGF têm se demonstrado que a inibição da angiogênese é uma alternativa importante para o tratamento de diversas doenças, entre elas o câncer e as retinopatias. No entanto, dado o papel central do VEGF na angiogênese, seus efeitos colaterais e a resistência são dificuldades importantes neste tipo de terapia. Por isso, é preciso procurar novas alternativas farmacológicas para a inibição da angiogênese. Nosso grupo tem abordado este problema em duas frentes: estudando um peptídeo pan-inibidor do VEGF, com um espectro mais amplo e que poderá ser mais eficaz no tratamento das retinopatias; e identificando por métodos de transcritômica novos alvos específicos para a angiogênese patológica. No primeiro caso, sabe-se que inibidores peptídicos não são bons candidatos a fármacos, devido a facilidade com que estes são degradados ou modificados in vivo. No segundo, muitos dos alvos identificados não tem inibidores conhecidos. Assim, neste projeto de pós-doutorado, pretendemos identificar novos inibidores da angiogênese por meio da busca virtual aplicada a grandes bibliotecas de compostos, disponíveis comercialmente, tendo como alvo o nosso peptídeo pan-inibidor e os novos alvos moleculares identificados nos estudos de transcritômica. As moléculas identificadas serão testadas nos modelos de angiogênese disponíveis no grupo. Esperamos, assim, identificar uma nova geração de inibidores da neovascularização com potencial terapêutico importante na saúde humana.