Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da matéria orgânica e da estrutura da comunidade microbiana na disponibilidade e fitorremediação de BA (barita) em solos alagados

Processo: 19/02796-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2019
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Jussara Borges Regitano
Beneficiário:Douglas Gomes Viana
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/22280-1 - Efeito da aplicação de oxihidróxidos de Mn na redução da Barita (BaSO4) e disponibilidade de BA em solo anóxico, BE.EP.DR
Assunto(s):Fitorremediação   Matéria orgânica do solo   Microbiologia do solo   Bário

Resumo

Atividades antropogênicas têm levado a contaminação dos solos com Elementos Potencialmente Tóxicos (EPT). O Bário (Ba), por exemplo, pode advir do uso da Barita (BaSO4) como fluído na perfuração de poços de petróleo. Em solos alagados, microrganismos estritamente anaeróbicos utilizam o sulfato como aceptor final elétrons reduzindo-o a sulfeto, disponibilizando assim o Ba no ambiente. A redução do sulfato está intimamente ligada ao teor e tipo de material orgânico presente no solo, pois esta fração atua como agente redutor do meio, que pode tornar-se anóxico, afetando a estrutura da comunidade microbiana e a disponibilização do Ba. Contudo, pouco se sabe sobre a dinâmica da redução do BaSO4 e o papel da fração orgânica e da população microbiana nesses processos. Diante do exposto, lançamos a hipótese de que a natureza do carbono orgânico modula a estrutura e a diversidade da comunidade bacteriana, favorecendo a redução do sulfato e a disponibilidade de Ba em solos alagados e, consequentemente, a sua fitorremediação. A extensão desse efeito dependerá das condições de redução do meio e da presença de microrganismos redutores de sulfato. Para testar tal hipótese, estudaremos o efeito da natureza de distintos resíduos orgânicos na disponibilidade de Ba e na estrutura e diversidade da comunidade microbiana do solo, além de identificar a presença de genes relacionados à redução do sulfato. Também será estudado o efeito da população microbiana e da fonte de matéria orgânica na fitorremediação de Ba por Typha domingensis. Os resultados desta pesquisa permitirão: i) compreender a dinâmica de Ba em solos alagados, evidenciando o risco de sua presença, na forma trocável, ao ambiente e aos seres vivos; ii) auxiliar as empresas petrolíferas no uso e descarte mais apropriado dos resíduos a base de Barita (Ba); e iii) aprimorar técnicas de remediação de Ba em solos alagados, reduzindo sua contaminação e servindo de base para pesquisas com outros elementos em ambientes redutores. (AU)