Busca avançada
Ano de início
Entree

Dinamismo ecossistêmico: explorando o papel de diversidade funcional primária em funcionamento ecossistêmico

Processo: 19/03375-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2019
Vigência (Término): 30 de abril de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Vânia Regina Pivello
Beneficiário:Renata Mamede da Silva Alves
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/01304-4 - Fauna em paisagens agrícolas: padrões e processos, AP.BTA.TEM
Assunto(s):Biodiversidade   Sensoriamento remoto   Diversidade funcional   Monitoramento biológico   Biomassa

Resumo

Funcionamento ecossistêmico depende de diversos processos cuja dominância varia entre escalas de tempo e espaço. Sequestro de carbono é uma função importante de florestas tropicais, contribuindo para a regulação do clima global. Essa função é executada em grande parte por produtores primários através do acúmulo de biomassa (AGB), sendo modulado por atributos físicos e fisiológicos chamados de "características funcionais". Hipóteses analisando os mecanismos regendo o acúmulo de AGB incluem a modulação por condições climáticas, diversidade funcional (hipótese de complementaridade de nicho), pelas espécies mais abundantes na paisagem (hipótese de proporcionalidade de biomassa), e/ou por processos de autorregulação. Processos na cadeia trófica também podem afetar a produção primária. Aves frugívoras modulam a dispersão de sementes em florestas tropicais, afetando e sendo afetadas por mudanças em AGB devido à sua dependência nos recursos alimentares. Aves insetívoras modulam populações de insetos que podem consumir AGB, enquanto que a fauna carnívora pode reduzir a abundância de outros herbívoros, afetando AGB indiretamente. Atividades antrópicas, como o desmatamento para estabelecer plantações/pastagens, alteram a composição da comunidade primária e sua diversidade funcional afetando AGB e a estrutura de habitats em todos os níveis tróficos. O presente projeto objetiva desenvolver uma estrutura teórico-prática para investigar e monitorar funcionamento ecossistêmico através da (1) identificação de efeitos sazonais sobre a produção primária e armazenamento de carbono, (2) análise dos mecanismos de produção/manutenção de AGB, (3) avaliação das relações entre produtores primários e avifauna, e (4) avaliação das diferenças nesses processos/mecanismos entre áreas de vegetação nativa e de uso antrópico.