Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização de enzimas de detoxificação induzidas em Brevipalpus yothersi (Acari: Tenuipalpidae) expostos a combinações de acaricidas e inseticidas

Processo: 19/08384-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Daniel Júnior de Andrade
Beneficiário:Jaqueline Franciosi Della Vechia
Supervisor no Exterior: Thomas Van Leeuwen
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Local de pesquisa : Ghent University (UGent), Bélgica  
Vinculado à bolsa:18/06174-4 - Determinação da atividade enzimática e das alterações biológicas e comportamentais induzidas pela combinação de acaricidas com inseticidas em Brevipalpus yothersi (Acari: Tenuipalpidae), BP.DR
Assunto(s):Entomologia

Resumo

Brevipalpus yothersi Baker (1949) (Acari: Tenuipalpidae) é uma das espécies de ácaros mais conhecida por causar danos indiretos na cultura dos citros. A importância desse ácaro está relacionada com a capacidade de transmitir o vírus Citrus leprosis virus, o qual causa a doença conhecida como leprose dos citros. Desde 2007, após o registro da doença Huanglongbing (HLB) no Brasil, a frequência de aplicações de inseticidas e a incidência de ácaros pragas aumentaram consideravelmente. A população crescente de ácaros fitófagos pode estar associada a baixa suscetibilidade de ácaros a inseticidas, aumento da dispersão e/ou repelência, mudanças no comportamento de alimentação e oviposição, efeito hormese e redução na eficiência de acaricidas devido a mistura em tanque. A redução da eficiência de agrotóxicos em mistura pode ocorrer devido a incompatibilidades ou antagonismo entre os produtos devido a mudanças nas características físico-químicas dos mesmos ou devido a mudanças biológicas nos organismos alvo após a exposição a essas misturas. Em estudos anteriores, verificou-se que a eficiência do acaricida espirodiclofeno sobre o ácaro B. yothersi é reduzida quando inseticidas são adicionados à calda. Entretanto, esse antagonismo não foi resultado de mudanças nas características físico-químicas. A outra possível razão para o antagonismo entre acaricidas e inseticidas em mistura, que ainda não foi estudada, é a mudança na atividade de enzimas detoxificadoras. Assim, os objetivos deste projeto de pesquisa são, caracterizar a atividade de enzimas detoxificadoras induzida em ácaros B. yothersi expostos a produtos isolados e em mistura, quantificar a duração das mudanças nas atividades das enzimas avaliadas e determinar genes de detoxificação envolvidos nesses organismos. Determinaremos a atividade enzimática em ácaros previamente expostos a inseticidas e após a aplicação de acaricida. A expressão de genes detoxificadores será comparada entre espécimes de B. yothersi expostos a inseticidas e acaricidas isolados e após a mistura do inseticida com o acaricida. A expressão de genes detoxificadores dos ácaros expostos a esses tratamentos será comparada também com os ácaros que não receberão aplicações.