Busca avançada
Ano de início
Entree

Síntese de copolímeros anfifílicos enxertados com polímeros sintético e de fonte renovável visando a produção de nanopartículas e nanomantas para aplicações biomédicas e industriais

Processo: 19/05282-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 31 de julho de 2020
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Maurício Pinheiro de Oliveira
Beneficiário:Maurício Pinheiro de Oliveira
Anfitrião: Milan Maric
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Local de pesquisa : McGill University, Montreal, Canadá  
Assunto(s):Polimerização em emulsão

Resumo

O desenvolvimento de novos materiais poliméricos oriundos de fontes renováveis e menos agressivos ao meio ambiente tem recebido muita atenção nos ultimos anos, especialmente os polímeros que apresentam propriedades específicas de aplicação, como por exemplo, biodegradabilidade, biocompatibilidade e estímulo resposta. Neste sentido, a pululana livre de melanina é uma alternativa viável para produção de copolímeros anfifílicos para aplicações biomédicas e industriais. Este projeto tem como objetivo o desenvolvimento de diferentes copolímeros anfifílicos, constituídos por pululana-g-poli(3-hidroxibutirato-co-3-hidroxivalerato) (Pull-g-PHBHV), pululana-g-poli(µ-caprolactona) (Pull-g-PCL) e pululana-g-poli(N-vinilcaprolactama) (Pull-g-PNVCL) por meio de diferentes estratégias de síntese: polimerização controlada da N-vinilcaprolactama via (RAFT/MADIX) iniciada por puluana macro agente RAFT, polimerização por abertura de anel (ROP) da µ-caprolactona, transesterificação do PHBHV e reação de cicloadição 1,3-dipolar entre alcinos e azidas (click chemistry). Os copolímeros anfifílicos serão empregados na preparação das nanopartículas poliméricas, contendo princípio ativo (Cetoprofeno) por meio das técnicas de de emulsão-difusão/evaporação do solvente e precipitação. A cinética de liberação in vitro do agente ativo será avaliada. Soluções poliméricas contendo cetoprofeno serão empregadas para produção de nanomantas anfifílicas via processo de eletrofiação em escala piloto, em parceria com a Prof. Dr. Nicole Raymonde Demarquette na École de Technologie Supérieure (ÉTS, Montreal). Além disso, agentes de reticulação serão testados a fim de preservar a estrutura dos copolímeros e estender a aplicabilidade em processos de bioimpressão 3D.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.