Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização metagenômica da microbiota intestinal, ruminal e respiratória de bovinos leiteiros em um ambiente contaminado por metais pesados

Processo: 19/06932-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 10 de agosto de 2019
Vigência (Término): 10 de novembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Lilian Gregory
Beneficiário:Natália Carrillo Gaeta
Supervisor no Exterior: Erika Korzune Ganda
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Pennsylvania State University, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:16/23204-9 - Avaliação clínica de bovinos expostos à alta concentração de metais pesados e sua relação com a mudança da microbiota intestinal, ruminal e respiratória e o desenvolvimento de resistência a antimicrobianos, BP.DR
Assunto(s):Poluição ambiental   Metagenoma   Metais pesados   Microbiota   Monitoramento   Bovinos leiteiros

Resumo

Os metais pesados têm grande importância no desenvolvimento econômico e social das populações. No entanto, a sua manipulação cria acumulação de resíduos tóxicos no ambiente. A cidade de Mariana foi severamente afetada pela deposição de resíduos de mineração de ferro após a ruptura da barragem de Fundão que liberou aproximadamente 60 milhões de metros cúbicos de resíduos de mineração no meio ambiente. O aumento da concentração de metais pesados pode levar à resistência antimicrobiana e alterações na microbiota. O presente trabalho tem como objetivo caracterizar o microbioma intestinal, ruminal e respiratório de bovinos leiteiros em ambiente contaminado com metais pesados (bacia do rio Doce, Minas Gerais) utilizando shotgun metagenomics. Dezesseis vacas de uma propriedade leiteira acometida pelos resíduos de mineração foram selecionadas. A propriedade localiza-se em Paracatú de Baixo, sub-distrito da cidade de Mariana, Minas Gerais. Como grupo controle, foram selecionadas 15 vacas leiteiras da cidade de Caldas, Minas Gerais. O exame físico foi realizado em todos os animais. Amostras de líquido ruminal, swab nasofaríngeo e swab fecal foram coletadas. O microbioma (perfil taxonômico e metabólico) será caracterizado usando metagenômica shotgun (plataforma Illumina). Os dados serão inseridos na Anotação Rápida de Metagenoma usando a Tecnologia de Subsistema (MG-RAST), para determinar a abundância relativa de filo, gênero e espécies e a predição do perfil metabólico. As abundâncias normalizadas serão removidas da plataforma MG-RAST e analisadas. A presente pesquisa será conduzida no Departamento de Ciências Animais da Faculdade de Ciências Agrícolas da Universidade do Estado da Pensilvânia, Pensilvânia, EUA, de agosto de 2019 a novembro de 2019, sob orientação da M.V. PhD Erika Korzune Ganda.